Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Mais arquivos você lê em http://blogdopolli.zip.net

BLOG 19-FEV-2018

Convocação

Muito boa a iniciativa da Policia Militar em convocar para a próxima quinta-feira, às 19 horas, no auditório do 20º Batalhão, uma reunião com os dirigentes das ongs de proteção animal e os protetores de animais de Poços de Caldas, para ouvir e participar de uma palestra sobre a atuação da Polícia Militar nas ocorrências de maus tratos contra os animais. Segundo a PM, esta será a oportunidade para tirar dúvidas e dar sugestões para o combate aos maus tratos contra animais no município.

Lei regulamentada

Como se sabe, em dezembro último, o governo de Minas Gerais regulamentou a lei que pune os praticantes de maus-tratos contra os animais no estado. Pelas regras, quem maltratar um bichinho estará sujeito a multa de até R$ 3 mil. Isso não exclui as sanções penais contra o agressor.

O decreto define os casos considerados maus-tratos. São eles os atos ou omissões que privem o animal de suas necessidades básicas, lesar ou agredir, causando sofrimento, dano físico ou morte, abandono, obrigar o bicho a fazer trabalho excessivo ou superior às suas forças e submetê-lo a tratamentos que resultem sofrimento.

Ainda entre as hipóteses de crime figuram o uso de animais para lutas , a exposição em locais desprovidos de segurança, limpeza e desinfecção, envenenamento, abuso sexual, promoção de distúrbio psicológico e comportamental. Quem deixar de propiciar a morte rápida e indolor do animal cuja eutanásia seja necessária e recomendada por veterinário também estará cometendo crime. 

Contas rejeitadas

A fase politica do ex-prefeito Paulo Cesar Silva não é das melhores. Segundo informações, o Tribunal Regional Eleitoral, TRE/MG, rejeitou por 6 votos a 0 a aprovação das suas contas de campanha da última eleição municipal, quando disputou e perdeu a eleição para prefeito. Segundo consta, um dos itens que levou a rejeição das contas de campanha foram os gastos com produção de programas de tv. Cabe apelação da decisão e o ex-prefeito ainda pode juntar documentos esclarecendo que os gastos foram feitos de acordo com o estabelecido na lei eleitoral.

Pelo arquivamento

A polêmica em torno do arquivamento do projeto de lei de iniciativa popular, que propõe redução nos salários dos vereadores, prefeito, vice e secretários municipais, continua rendendo muitas discussões nas redes sociais. Segundo alguns vereadores, eles estão tranquilos quanto à decisão tomada porque o primeiro parecer pela rejeição é de autoria do experiente vereador Paulo Tadeu, que entendeu que o projeto não deveria ser levado a plenário porque contem falhas na forma em que foi apresentado ao legislativo. Por outro lado, anda gerando um zum-zum-zum, a omissão dos nomes de alguns vereadores que estão sendo poupados nas críticas.

No bonde do Geraldo

Dario Soares, dirigente do PSD, contesta nota do blog onde afirmamos que Geraldo Thadeu acabou no bonde do eu sozinho. E para mostrar que o ex-deputado não está só, enviou foto de uma reunião realizada neste final de semana, com os apoiadores de Geraldo Thadeu na sua tentativa de retornar para a Câmara Federal. Pela ordem, aparecem na foto Geraldo, Paulinho Courominas, Mauro Tramonte, Gleison, (presidente do PRB) e o próprio Dario. E para provocar os tucanos, o representante do PSD disse que o bonde do Geraldo é melhor que o PSDB que tem como motorneiro do bonde o enrolado senador Aécio Neves. Então tá né!

Relacionamento já rende investimentos

A busca de um relacionamento mais próximo do prefeito Sérgio Azevedo com municípios do interior paulista, próximos a divisa do Estado, começa a dar os primeiros resultados e um deles é exatamente a implantação do polo de ensino da UniFEOB no Shopping Poços de Caldas, iniciativa que consolida a cidade como um centro universitário.

Ao contrário do que alguns podem imaginar, o polo de ensino em Poços não será apenas uma unidade da Fundação Otávio Bastos de Ensino à Distância, senão vejamos:

Na unidade serão ofertados curso de graduação e pós-graduação nas modalidades de educação à distância e semipresencial, sendo que alguns são inéditos no Brasil, como os cursos de Veterinária e Engenharia Agronômica.

O polo do Shopping Poços de Caldas também será reforçado com o lançamento de Arquitetura e Urbanismo e da Escola de Engenharia, contemplando inicialmente os cursos de Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção.

Entre outros cursos estão Administração, Ciências Contábeis, Gestão de Recursos Humanos, Logística, Marketing, Pedagogia e Processos Gerenciais. Novos cursos de Graduação e pós-graduação serão anunciados nos próximos meses.

O projeto arquitetônico, exclusivo para o polo local e que será referência para outros polos, vai exigir investimento de R$ 1 milhão com área de convivência para os estudantes, espaço para estudos individuais e em grupos, Fablab (laboratório de aplicação multidisciplinar), ambientes modulares de aprendizagem, além de recepção, copa e banheiros e infraestrutura completa para atividades administrativas  Os ambientes são inspirados nos escritórios de empresas do Vale do Silico (EUA).

Falta uma boa assessoria

Ainda com relação ao pedido formulado pelo jornalista Filipe Vieira Martins no nosso último blog, contestando a posição da sua possível candidata à Assembleia de Minas, na pesquisa apresentada pelo internauta Albert Mareca. É importante dizer que o bom jornalismo se faz com eficiência e no caso, como assessor de imprensa (remunerado) da tal candidata deveria propor ações mais convincentes para que não passe novamente o vexame ocorrido nas eleições passadas, aonde não chegou a ter 3.500 votos para prefeita. Só cego é que não vê que tem alguma coisa errada na campanha da possível e pré-candidata. É esperar pra ver!

Rodapé

E você, vai embarcar em qual bonde? 

BLOG 17-FEV-2018

A melhor notícia

Sem dúvida, esta será a melhor notícia do ano para a área de Educação em Poços de Caldas. Ao lado do prefeito Sérgio Azevedo, o Reitor do Centro Universitário Fundação de Ensino Octávio Bastos – UNIFEOB, Professor João Otávio Bastos Junqueira, anunciou nesta quinta-feira a instalação de um polo de ensino na cidade, que funcionará já a partir de abril, nas dependências do Shopping Poços de Caldas. É mais uma instituição de ensino superior que se instala em Poços, vem sendo reconhecida como um dos centros universitários mais importantes do Estado.

Sonho antigo

A vinda da Unifeob concretiza um antigo sonho do Reitor que tem pela cidade um carinho especial, devido a laços familiares. João Otávio é neto de Otávio Bastos, fundador da instituição e que por sua vez é casado com a filha do Coronel Cristiano Osório, doador da área onde está situada a sede da AA. Caldense e antigo proprietário das terras onde está situado bairro Jardim dos Estados. O Reitor da Unifeob é sobrinho do nosso amigo Dr. Ernesto Vieira Filho figura de expressão em nossa sociedade.

Reativação da Unifenas

Ainda dentro do campo universitário, outra iniciativa que enriqueceu a área de ensino superior em nossa cidade foi a reativação do campus local da Unifenas, que hoje já oferece aos alunos cursos na área de Estética e Cosmética, Administração, Agronomia e Educação Física.

Unidos no mesmo objetivo

Na tarde de ontem os vereadores fizeram uma reunião para analisar o bombardeio a que estão sendo expostos na mídia e nas redes sociais por causa do arquivamento do projeto de iniciativa popular que propõe reduzir os salários dos vereadores, prefeito, vice e secretários. Não deve haver retaliação contra os idealizadores da iniciativa, mas se mostraram unidos em responder as críticas com seriedade e trabalho e mostrar para a população que os vereadores não trabalham apenas um dia por semana quando são realizadas as reuniões ordinárias.

Acusação contra Aécio

O depoimento de um ex-funcionário da Odebrecht que não fechou acordo de delação premiada reforça a suspeita de irregularidades nas obras da Cidade Administrativa obra construída na gestão do ex-governador Aécio Neves. Ex-coordenador de execução de um lote, Carlos Berardo Zaeyen afirmou à Polícia Federal, em 20 de novembro, que o consórcio responsável por esse trecho do empreendimento — formado por Odebrecht, OAS e Queiroz Galvão — firmou dois contratos que, na prática, teriam sido usados apenas para justificar o repasse de dinheiro. Segundo denúncia, o senador ficaria com 3% do valor contratado.

Para lembrar

A titulo de curiosidade, vale lembrar que Poços de Caldas teve quase uma participação decisiva nesta obra, orçada inicialmente em menos de R$ 200 milhões e acabou custando mais de um bilhão de reais aos cofres do Estado. Na época em que a obra estava para ser iniciada, Aécio Neves era governador e Paulo Tadeu o prefeito de Poços. Numa negociação que envolveu o prefeito, o governador e a direção do fundo de pensão dos funcionários da Petrobrás (Petros), Aécio se dispôs a vender parte do patrimônio pertencente a então Hidrominas (hoje Codemig), por R$ 110 milhões para dar início a obra.

Hotel, casino e balneários

O que ficou acertado na época é que o fundo de pensão iria adquirir pelo valor acima. o patrimônio da Hidrominas em Poços de Caldas, integrado pelo complexo que envolve o Pálace Hotel, Pálace Casino, Thermas Antonio Carlos e Balneário Mário Mourão, pelo valor acima, fazendo parte do acordo um investimento do fundo de aproximadamente R$ 20 milhões na cidade, começando pela reforma e ampliação do aeroporto e a duplicação da Avenida Alcoa para facilitar o acesso dos visitantes que chegassem por via aérea, obra que garantiria a reeleição do prefeito Paulo Tadeu.

Deu errado

O assunto vinha sendo mantido em segredo, até que Silvinho Pereira, o então todo poderoso tesoureiro do PT, em uma de suas idas a Carmo do Rio Claro, para visitar seus familiares acabou dando com a língua nos dentes, anunciando o investimento em Poços de Caldas, para favorecer o governo de Aécio Neves. O Jornal de Poços saiu na frente, denunciou a manobra e despertou a atenção de figuras próximas ao governador que se posicionaram contra a venda do patrimônio do Estado para o fundo de pensão. Até mesmo o presidente Lula, que à época fazia uma visita a Varginha foi interpelado sobre o assunto e aconselhou Aécio a não se desfazer de um patrimônio histórico tão valioso. O negócio furou e Paulo Tadeu acabou perdendo a eleição porque a duplicação da Avenida Alcoa, não aconteceu no seu governo.

Na Globonews

Hoje a partir das 18h30m, Fernando Gabeira, vai mostrar, no seu programa semanal da Globonews o potencial das águas minerais da cidade de Caxambu e a intenção da Codemig em privatizá-la para fazer caixa, a pedido do governador Fernando Pimentel. Como o governo do Estado está quebrado, a retomada das Thermas Antonio Carlos em Poços de Caldas, que vinha sendo administrada pelo município, foi feita com a mesma finalidade, tentar repassar o balneário para particulares e com isso engordar os cofres do Estado. O Pálace Casino e o Pálace Hotel já estão sob administração da iniciativa privada.

Nomeação na Educação

Segundo fonte ligada a Secretaria de Educação, nos próximos dias o prefeito Sérgio Azevedo deverá assinar e publicar decreto nomeando a educadora Daniela Volpi, para o cargo de secretária adjunta da pasta. Atualmente Daniela responde pela parte administrativa da secretaria. 

Foi mal...

Não pegou bem a fala do secretário Marcos Sansão na reunião da Câmara esta semana quando tentou provocar o vereador Paulo Tadeu fazendo comparações do trânsito na época em que ele era prefeito e agora. Soou mal, inclusive algumas ironias feitas pelo secretário e até mesmo a não obediência ao tempo limitado para suas explicações. Sua fala foi um misto de arrogância com vontade de mostrar serviço.

Recuperação de área minerada

Outra boa notícia para a cidade nesta semana, foi a divulgação de que as Indústrias Nucleares do Brasil (INB) apresentaram um programa de recuperação das áreas onde houve extração de urânio na região de Poços de Caldas após uma exigência feita pelo Ministério Público à estatal. A área a ser recuperada compreende mais de 1,5 mil hectares e os custos para esta recuperação envolvem recursos de cerca de R$ 500 milhões em trabalhos que se estenderiam por quase duas décadas.

Problemas sérios

A chuva um pouco mais forte de ontem à tarde causou inúmeros problemas, comprovando, mais uma vez, que a cidade enfrenta sérios problemas de infraestrutura, a começar pela falta de obras dentro de um plano de macrodrenagem a muito reclamado pela própria secretaria de obras. Com a assustadora expansão imobiliária, onde prédios e mais prédios de apartamentos estão sendo construídos e a aprovação de novos loteamentos (já são 12 aprovados), a falta de infraestrutura para absorver a água de um solo cada vez mais impermeabilizado agravará o problema cada vez mais. Isso para não falar na necessidade de abertura de duas vias estruturais, conforme o previsto no Plano Diretor, uma delas na zona leste e outra ligando a zona com a Rodovia do Contorno.

Retificando

Atendendo a solicitação do jornalista Filipe Vilela Martins, jornalista, com registro n° 0019976/MG, natural de Poços de Caldas, profissional formado, Diretor de Jornalismo da Agência CO2, registrado e amante do bom jornalismo, retificamos nota publicada no blog sobre a enquete feita pelo internauta Albert Mareca sobre enquete a respeito dos pré-candidatos a deputado, sondagem sem nenhuma base cientifica e, portanto, sem nenhum valor a não ser para especulação. O referido jornalista diz que erramos porque a enquete manteve quase o tempo todo a ex-vereadora e pré-candidata a deputada estadual, Regina Cioffi, em segundo lugar, atrás do ex-prefeito Eloisio e na frente do Mauro Tramonte. Pronto, está feita a retificação, meu caro jornalista portador do MTB 0019976/MG e agradeço o exemplar do Código de Ética do Jornalismo que me foi enviado via e-mail. Prá falar a verdade, até esqueci, mas se estiver interessado, coloco à sua disposição o número do meu registro no MTB. Bom final de semana, mas aposto um doce como o Tramonte vai ter mais votos que a sua candidata.

BLOG 16-FEV-2018

Linha direta

Uma boa ideia teve o deputado Arlen Santiago, do PTB, para evitar que o governador caloteiro Fernando Pimentel retenha nos cofres do Estado, dinheiro que não pertence ao governo. O deputado encaminhou ao senador Aécio Neves um documento no qual solicita que o parlamentar apresente ao presidente Michel Temer uma medida provisória que autorize o repasse direto dos recursos do Ministério da Saúde destinados às prefeituras e aos hospitais. Na justificativa para o pedido o parlamentar alega que o governador caloteiro tem retido recursos de emendas parlamentares dos deputados para os municípios e também verbas do SUS que são liberadas pelo Ministério da Saúde e que passam pelo Estado antes de ser transferidas para os municípios.

Sucessão legislativa

A volta de Marcos Sansão para a Câmara Municipal já é dada como certa no ninho tucano. Com a anulação dos votos dados ao candidato João Grandão (MDB) que assim como fez na AESB, não soube prestar contas da campanha, quem deve deixar a Câmara é o vereador Paulo Eustáquio (MDB), para entrada do Secretário de Defesa Social. O zum-zum-zum no ninho tucano é que Sansão reassume cadeira no legislativo com todo apoio do chefe do executivo para ser o próximo presidente, substituindo Antonio Carlos Pereira.

Bônus para os usuários. Ônus para o Sistema.

 A decisão judicial que reduziu desde o dia 11/02 por um período (73 dias) a passagem do transporte coletivo municipal em R$ 0,20 centavos, embora possa agradar aos usuários, coloca mais uma pá de cal no Sistema de Transporte Coletivo na cidade que caminha para a sua falência devido aos sucessivos aumentos do óleo diesel, a constante queda no número de passageiros transportados, o transporte clandestino, o excessivo número de gratuidades sem fonte de custeio, para não citar outros inúmeros problemas.

A empresa concessionária (Circullare) vem alertando (e já faz tempo) as autoridades municipais quer por meio de ofícios, publicações na imprensa, ou mesmo por reuniões, para a possibilidade de, entre outras medidas, a demissão em massa de colaboradores, mas não tem conseguido sensibilizar o Poder Executivo da gravidade da situação e agora, o Poder Judiciário parece desconhecer por completo o grave cenário do transporte coletivo urbano na cidade.

O Poder Executivo não ouve, o Judiciário não vê e o Legislativo se cala. Hoje, o importante é dar bônus para os usuários e deixar todos os ônus para a empresa.

Amanhã, a conta poderá ficar pesada para o município. Fica o alerta!

Lugar reservado

No início de abril, o secretário de saúde, Carlos Mosconi, deve deixar o cargo para disputar vaga na Câmara Federal. Segundo confidências do presidente do PSDB, a estratégia do prefeito é deixar o cargo vago, com o secretário adjunto Flávio Togni de Lima e Silva respondendo pela pasta, até passar as eleições. Se Mosconi for vitorioso assume como deputado, caso contrário, volta para a secretaria. Nesta época de vacas magras, o prefeito quer economizar o salário de um secretário, nem que seja apenas por alguns meses.

INB vai reativar mineração em Caldas

A notícia está no site do G1 Sul de Minas.  As Indústrias Nucleares do Brasil (INB) apresentaram nesta quinta-feira um programa de recuperação das áreas onde houve extração de urânio na região de Poços de Caldas após uma exigência feita pelo Ministério Público à estatal. A área a ser recuperada compreende mais de 1,5 mil hectares e os custos para esta recuperação envolvem recursos de cerca de R$ 500 milhões em trabalhos que se estenderiam por quase duas décadas. Segundo a INB, o Plano de Recuperação de Áreas Degradas (Prad) foi elaborado por uma empresa do Rio de Janeiro e prevê a recuperação de todo o perímetro utilizado para a extração de urânio no município de Caldas (MG). A proposta apresentada é o resultado de um estudo de dois anos e aborda aspectos hidrogeológicos, geoquímicos e radiológicos. O estudo levantou dados detalhados sobre a área degradada, mas ainda há várias etapas até a possível execução do projeto.

Confusão

O projeto que reduz os salários dos vereadores e agentes políticos esquentou ontem o bate papo no grupo de whatsapp da Folha Popular. Quem deu alguns palpites fora do contexto e misturou os passageiros foi o emedebista João Grandão, que pelo jeito não é muito chegado a números, tanto assim que como presidente da AESB teve as contas rejeitadas, o mesmo acontecendo com seus gastos na campanha para vereador.

No Canal Aberto

O ex-deputado Geraldo Thadeu foi entrevistado ontem no Canal Aberto, da TV Poços, onde confirmou que será mesmo candidato a deputado federal e admitiu até uma possível mudança de partido, disse que tem convite para se filiar em três legendas, mas ainda está em dúvida. Deve ter percebido que no PSD sua eleição fica mais difícil.

Milagres acontecem...

A foto publicada no blog de ontem, mostrando o polêmico “Kanjiquinha”, de tantas campanhas eleitorais, com uma enxada nas mãos, trabalhando na reforma de um parque infantil, fez sucesso e mostrou que o servidor no governo comandado pelo seu desafeto de campanha Sérgio Azevedo, vem trabalhando bastante e até diz que está tão feliz que desistiu da politica.

Enquete nas redes sociais

Uma sondagem sobre os pré-candidatos a deputado que vem sendo feita nas redes sociais pelo internauta Albert Mareca, mostra por enquanto que os dois candidatos preferidos pelos eleitores é Carlos Mosconi, para deputado federal, enquanto que para a Assembleia Legislativa os mais votados são Eloisio Lourenço e Mauro Tramonte.

Pé no chão...

Eloisio Lourenço, pré-candidato a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores (PT), esteve quarta-feira na Master Web Rádio, onde foi entrevistado por Pedro Bertozzi e Silas Lafaiete. O ex-prefeito se mostrou consciente da dificuldade para angariar entre 45 a 50 mil votos para ser um dos eleitos para a Assembleia Legislativa, mas disse que confia numa boa votação em Poços e na sua cidade natal, Alfenas, onde o prefeito está fechado com sua candidatura. Além de Alfenas, Eloisio citou mais duas ou três cidades da região onde espera obter um bom número de votos, com apoio do deputado Odair Cunha que não disputará a reeleição. Essa semana aproveitou para emendar os feriados e está correndo o trecho visitando Itajubá, Piranguinho, São Lourenço e Brasópolis.

Vereador denuncia possível fraude

Na reunião ordinária da Câmara Municipal realizada na tarde de ontem, o vereador Paulo Tadeu voltou a cobrar do executivo esclarecimento sobre a cessão de servidores públicos para trabalhar na sede da Associação Atlética Caldense.

Na resposta ao primeiro requerimento do vereador sobre o assunto, o secretário de esportes, Wellington Guimarães (Paulista), disse que estava em vigor um termo de parceria firmado entre o clube e a prefeitura, que permitia a cessão desses servidores.

Ocorre que o termo está assinado pelo próprio secretário, o que é proibido por lei, uma vez que se trata de prerrogativa do chefe do executivo. O vereador voltou a insistir junto ao executivo cobrando uma resposta do Procurador Geral que, estranhamente, se recusou a atender o questionamento aprovado em plenário pelos demais vereadores.

A falta de uma resposta esclarecedora por parte do executivo está dando margem à desconfiança que o termo de parceria foi assinado com data retroativa, após o vereador levantar a questão na Câmara, o que constitui fraude e crime de responsabilidade por parte do secretário.

O assunto ainda deve dar muito pano prá manga e os vereadores já pensam em convocar o secretário para comparecer a uma das próximas sessões para esclarecer o assunto.

Joaquim reeleito

A Câmara Municipal realizou ontem a segunda reunião ordinária do ano e, conforme dispõe o Código de Ética do Legislativo, os vereadores elegeram o novo corregedor. O vereador Joaquim Alves (PMDB) foi escolhido por unanimidade dos votos e ficará no cargo até o final de 2018.

Rodapé

A fase é boa. Depois do sucesso do carnaval, o prefeito anunciou ontem a abertura de um novo polo universitário na cidade com a chegada da UNIFEOB.

BLOG 15-FEV -2018

Liderança com pé no chão

A cada ponto positivo que acumula em seu governo (o carnaval foi mais um), o prefeito Sérgio Azevedo consolida ainda mais a sua liderança, demonstrando que a politica local passa por uma fase de renovação após a era dos coronéis e do próprio PT que já não possui a mesma capacidade de mobilização, mesmo tendo o novato dentista Eloisio Lourenço como a principal liderança. O atual prefeito representa a esperança de mudança para que a cidade possa readquirir a sua força politica e com isso a condição de principal cidade do Sul de Minas. É preciso, no entanto, que o atual chefe do executivo, cujo governo vem sendo aplaudido pela população, tenha a real dimensão da responsabilidade que pesa sobre os seus ombros, para não cometer os mesmos erros dos seus antecessores, pela ordem, Luiz Antonio Batista, Geraldo Thadeu e Paulinho Courominas, que assim como o prefeito tiveram origem no extinto grupo dos coronéis. Após serem eleitos para a chefia do executivo, os três acharam que poderiam andar com as próprias pernas e acabaram se perdendo pelo caminho. Os dois primeiros romperam com o grupo e acabaram derrotados nas eleições seguintes, enquanto Geraldo Thadeu, após ser eleito deputado federal, tentou voltar ao comando da prefeitura e hoje lidera o bloco do eu sozinho.  Até aqui o prefeito tem se comportado como verdadeiro líder, e até demonstra gratidão ao apoiar Mosconi na sua pré-candidatura a deputado, uma vez que foi ele quem, nas horas mais difíceis da campanha, segurou a barra.

Esperança

O alerta acima serve também para as novas caras da politica sulfurosa, Thiago Biagioni, Lucas Arruda e Gustavo Bonafé, que demonstram perfil para assumir postos mais elevados, desde que conservem a mesma disposição e a humildade demonstrada neste primeiro ano do novo governo. Em busca do novo na politica, a população deposita nesses jovens a esperança de dias melhores para uma cidade que sempre foi motivo de orgulho para todos que escolheram esse pedacinho de chão para viver. .

Sucessão estadual (I)

As articulações de bastidores com vistas a sucessão no Estado continuam a todo vapor, caminhando para uma união entre o ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB) com Dinis Pinheiro (PP) que disputaria vaga no Senado com o vice de Lacerda sendo indicado pelo PSD. Se a união for concretizada, teremos no mesmo palanque em Poços de Caldas, Paulinho Courominas (PSB) e Geraldo Thadeu (PSD), colocando os tucanos sulfurosos, aliados de Dinis, numa saia justa.

Sucessão estadual (II)

Enquanto isso, a candidatura do emedebista deputado federal Rodrigo Pacheco parece cada dia mais robusta, Caso não consiga apoio do seu partido para disputar o governo do Estado, Pacheco deve migrar para o DEM, com o vice sendo indicado pelo PSDB que sem um nome forte terá que se contentar em ser coadjuvante, a não ser que o senador Anastasia não resista a pressão e decida disputar novamente o governo. Neste caso, tudo fica embolado uma vez que Anastasia consegue aglutinar todas as forças de oposição ao governo Pimentel.

Pelo telefone

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG) encaminhou nesta sexta-feira (9/2) mensagens de texto de telefone celular (SMS) para aproximadamente 80 mil proprietários de veículos alertando sobre o não pagamento da primeira parcela ou cota única do IPVA 2018. Caso tenha recebido a mensagem, mas já tenha quitado a parcela ou a integralidade do tributo ou não possua veículo em seu nome, o contribuinte deve desconsiderar a mensagem. A SEF/MG também lembra que a mensagem não possui qualquer link para que seja clicado, apenas o seguinte texto: "Aviso: Não identificamos pagamento IPVA 2018 placa XXXxxxx, caso já tenha pago, desconsidere a mensagem. A parcela 2 começa a vencer dia 15. Duvidas? Ligue 155".

Em baixa

Com o fim do desfile das escolas de samba, uma das atrações do carnaval que também deveria ser retirada da programação para os próximos anos é a escolha da rainha, concurso que sem as representantes das escolas de samba ficou sem graça e pouco concorrido. Quem assistiu a escolha da rainha este ano notou além da falta de concorrentes, desânimo na plateia e até mesmo nos jurados que tinham poucas opções para escolha.

Cancelado

O diário oficial do município publica hoje ato da Secretaria de Administração, cancelando o pregão eletrônico para aluguel de pacos, tendas, gradis, tapumes e camarins. O cancelamento atende parecer da Assessoria Jurídica do Departamento de Suprimentos e manifestação da própria pregoeira.

Com a mão na massa

O servidor municipal Rovilson Pimentel, mais conhecido como “Kanjiquinha”, que disputou dezenas de eleição mas nunca conseguiu se eleger, tem sido elogiado até pelo prefeito Sérgio Azevedo pelo trabalho que desenvolve comandando a equipe responsável pela reforma dos parquinhos infantis. “Kanjiquinha”, que aparece nas fotos acima com a mão na massa e ao lado da equipe de reformas, diz que está feliz com a nova função e que não quer mais saber de politica. Ainda bem, né?

BLOG 14-FEV-2018

Carnaval nota dez

Se não foi o melhor, o carnaval de 2018 foi um dos melhores dos últimos anos. A alegria predominou durante os quatro dias de folia com os turistas se juntando à população que desfrutou das diversas atrações programadas pela prefeitura para oferecer diversão para todos os gostos e idade. Um carnaval sem violência, com as famílias e os turistas podendo se divertir a vontade, sem se preocupar com a ação de marginais infiltrados na folia. Um carnaval que fez por merecer nota dez para os seus organizadores.

Limpeza perfeita

Merece destaque o trabalho realizado pelo pessoal da Secretaria de Serviços Públicos, que manteve garis de plantão para que a cidade permanecesse limpa o tempo todo. Na manhã seguinte a folia nem parecia que na noite anterior milhares de foliões haviam se concentrado no centro para brincar o carnaval. Todas as ruas do centro foram, inclusive, lavadas pelo pessoal da limpeza.

Disposição

Quem mostrou muita disposição participando todos os dias da folia foi o prefeito Sérgio Azevedo que além de recepcionar os turistas no pórtico, participou ativamente da folia marcando presença em todas as atrações programadas para a festa e aproveitando para conferir de perto a organização e a limpeza dos locais. Que fôlego!!!

Não fez falta

Se o carnaval nos próximos anos continuar com esta mesma programação, não resta a menor dúvida que a festa voltará ao calendário de muitos turistas que deixaram de vir a Poços por conta da falta de criatividade das administrações anteriores. A extinção do desfile das escolas, além de proporcionar economia, não fez falta já que nos últimos anos a decadência das escolas era uma realidade e a subvenção servia apenas para favorecer um ou outro diretor de escola.

Só alegria...

O público nas praças dos Macacos e Pedro Sanches foi tanto, que surpreendeu até os comerciantes. Na noite de segunda para terça-feira, boa parte dos bares e lanchonetes pouco depois da meia noite já estacam com seus estoques de cerveja e chopps zerados, para desespero dos foliões. Comerciantes e hoteleiros não tem do que se queixar neste carnaval. Todos faturaram um bom dinheiro. Ontem à noite um problema na rede da Gasmig interrompeu o fornecimento de gás encanado para os estabelecimentos comerciais, hotéis e residências que utilizam o serviço. A chiadeira foi geral.

Agora sai

A Secretaria de Obras abriu licitação para contratar projetos para a retirada da AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) dos prédios públicos. Trata-se de medida sempre adiada por governos anteriores que nunca se preocuparam em regularizar a situação, inclusive da sede da Prefeitura, que, assim como outros prédios pertencentes ao município não possui o atestado. Aliás, o mesmo atestado que em muitos casos a prefeitura exige de terceiros.

Arquivado

O que o blog havia antecipado, aconteceu. Os vereadores arquivaram projeto de iniciativa popular que reduzia os salários dos próprios vereadores, do prefeito, vice e secretários municipais. A Câmara Municipal de Poços de Caldas é considerada como uma das mais enxutas entre cidades de porte médio, os vereadores recebem salários na média das outras cidades, empregam apenas um assessor para cada vereador e todo ano devolve aos cofres públicos cerca de R$ 7 milhões que embora seja destinado ao legislativo, não é utilizado pelos vereadores que no ano passado transferiram parte desta verba (R$ 2 milhões) para o hospital da Santa Casa. O arquivamento do projeto contou com a assinatura inclusive dos vereadores de oposição. Segundo informações, a assessoria jurídica do legislativo analisa a possibilidade de impetrar uma ação contra os idealizadores do projeto que vem publicando nas redes sociais ofensas pessoais contra os vereadores.

Bondade & maldade

O prefeito Sérgio Azevedo tem todos os motivos para protestar contra o governador Fernando Pimentel, que anda se apropriando de dinheiro que pertence às prefeituras, entre elas, a de Poços de Caldas. Mas não tem do que se queixar do presidente Michel temer que fez graça para os prefeitos com dinheiro dos aposentados, perdoando juros e correção de R$ 2,5 bilhões que as prefeituras deviam ao INSS, prolongando os pagamentos de 60 para 200 meses. Agora quer fazer outra bondade para os alcaides, vai encaminhar nos próximos dias proposta para o Congresso liberando mais R$ 2 bilhões para as prefeituras. Para liberação do dinheiro o presidente teve que remanejar o orçamento, cancelando emendas não obrigatórias dos parlamentares. Se o projeto for aprovado, a prefeitura de Poços será beneficiada com mais alguns milhões, mas, corre o risco de ficar sem o dinheiro prometido pelos parlamentares através de emendas destinadas ao município.

Celebridades

Foi-se o tempo em que Poços de Caldas durante o carnaval recebia a visita de celebridades do mundo artístico, político, esportivo e social, atraídos, principalmente, pelos famosos bailes do Pálace Casino. Neste carnaval, o único famoso que veio a Poços e a imprensa registrou presença foi o apresentador Boris Casoy, da Rede TV. Se veio mais algum, preferiu permanecer no anonimato.

Cachaça

Envolvido nas investigações da operação lava-jato, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão do ex-ministro José Dirceu, foi preso na sexta-feira e como já foi condenado deve passar uma temporada na prisão. Como na cela não é permitida a entrada de bebidas alcoólicas, o irmão do ex-ministro terá que abrir mão da cachaça Vale Verde, fabricada em Minas, a preferida, não só dele, mas também do irmão famoso. Só para lembrar, quando Dirceu foi avisado que seria preso, Luiz Eduardo, através de um dos seus sócios no escritório em São Paulo, mandou comprar no mercado de Poços algumas garrafas (R$ 80 cada) da “marvada” para Dirceu afogar as mágoas antes de ser trancafiado no xadrez. O encarregado da compra foi um famoso ex-repórter de rádio que vive xeretando a vida de terceiros.

Tenha você também a sua rádio