Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Mais arquivos você lê em http://blogdopolli.zip.net

BLOG 21-ABR-2018

Desemprego: Poços fecha mais 159 postos de trabalho

Enquanto em todo o país, os números são positivos, com a criação de 56 mil novos empregos, Poços de Caldas continua no vermelho no que diz respeito a geração de novos postos de trabalho segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgado ontem. No mês de março a cidade perdeu 159 vagas com carteira assinada, elevando o total de 2018 para 496 postos de trabalho a menos em apenas três meses, mais que o saldo em 12 meses que somou 342 vagas a menos.

Alteração na lei

Atendendo a solicitação da presidência da Casa, a assessoria jurídica da Câmara Municipal se debruçou, desde ontem a tarde, sobre a Lei 9.169, que dispõe sobre as regras para comercialização de alimentos em veículos automotores – food trucks – em feiras gastronômicas e outros eventos.

A intenção é promover as alterações necessárias para impedir que esse tipo de comércio participe de eventos fora do período estabelecido que vai de 16 a 31 de julho no horário das 17 as 24 horas. As alterações atendem aos interesses dos proprietários de bares, restaurantes e lanchonetes que se sentem prejudicados pela concorrência.

Outra alteração em análise seria a proibição de feiras ou eventos com alimentos na área central, como é o caso do Cult Beer que está sendo realizado atrás do Pálace Hotel neste final de semana Este tipo de evento só poderia ser autorizado em local fora do centro como por exemplo, o entorno do estádio municipal, agora liberada para eventos.

Aproveitou a viagem

Como Poços de Caldas está sem representação na Câmara Federal, o prefeito Sérgio Azevedo não deixou por menos, aproveitou a presença do ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira em Poços de Caldas na manhã de ontem para entregar ao ministro dois projetos, um para asfaltamento do Distrito Industrial e outro para as vias que dão acesso a área da zona sul onde está prevista a construção do Paço Municipal.

O deputado federal Bilac Pinto, que se filiou recentemente ao DEM para apoiar a candidatura de Rodrigo Pacheco ao governo, esteve presente ao lado do ministro e prometeu ao prefeito que também vai trabalhar junto ao ministério para a liberação dos recursos solicitados.

Ausências

Duas ausências notadas no desembarque do ministro dos Transportes ontem pela manhã para anunciar investimentos na BR 459. A do pré-candidato a deputado federal, Carlos Mosconi, e do presidente da Câmara, Antonio Carlos Pereira, que preside o DEM na cidade. Quem marcou ponto foram os vereadores Alvaro Cagnani (PSDB) e Ligia Podestá, do DEM, além do prefeito de Andradas, Rodrigo Lopes.

Desconfiança

A convite do deputado federal Bilac Pinto, que está em plena campanha para a reeleição, o ministro desembarcou em Poços e depois seguiu para Pouso Alegre e Itajubá, onde teria reuniões com lideres das cidades localizadas ao longo da BR 459 para “analisar a possibilidade” de liberar recursos para a duplicação da rodovia.

Como o governo do presidente Temer está no fim e o ministro tem poucos meses no cargo, a visita programada por Bilac Pinto soa como um factoide em véspera de eleição. Difícil acreditar que em fim de governo o ministério libere recursos para a duplicação da importante rodovia.

Mina de ouro

Números do Conselho Nacional de Justiça revelam que os cartórios brasileiros arrecadaram R$ 15,7 bilhões em 2017, alta de 9% com a prestação de serviços notoriais. Minas Gerais foi o segundo estado a arrecadar, totalizando R$ 1,888 bilhão com 1.731 cartórios espalhados pelos municípios mineiros.

Socorro para a Santa Casa

O diário oficial do município, em sua edição de ontem, publicou Termo de Aditamento de Extrapolamento de U.T.I. onde o Estado de Minas é citado como devedor de R$ 2.266.978,56 para os hospitais credenciados pelo SUS no município. Em decorrência do pedido de socorro da Santa Casa, a Prefeitura, em forma de adiantamento,  transfere para o hospital a importância de R$ 800 mil, referente a parte de extrapolamento no período de novembro de 2016 a outubro de 2017, quantia essa que será retida pelo município quando do repasse da verba por parte do Estado dizendo respeito ao período.

Preparem o bolso

Mais uma do governador caloteiro Fernando Pimentel. O Estado está transferindo para a iniciativa privada o serviço de inspeção veicular. A partir desta transferência, o proprietário do veículo terá que pagar o dobro do valor para fazer o mesmo serviço. Hoje, para fazer a transferência, o proprietário do veículo paga uma taxa de R$ 159. Com a mudança, além de pagar esse valor para o Estado, ele teria que pagar outros R$ 159 para a empresa credenciada.

Odair Cunha cai em grampo do MPMG

A Câmara Municipal de Belo Horizonte está no olho do furacão com a descoberta de um escândalo de corrupção em contratos de publicidade que já levou para a prisão, vários dos envolvidos no escândalo. O ex-presidente da Câmara, Wellington Guimarães, que está foragido, é apontado como o chefe do esquema de corrupção.

O jornal O Tempo divulgou matéria onde a Procuradoria Geral do Estado que investiga o desvio de dinheiro público e afirma ter em mãos gravações de agosto de 2015, onde o atual chefe da policia civil, João Octacilio da Silva Neto, aparece ao lado do Secretário de Governo, Odair Cunha, tentando convencer a então chefe da policia civil, Andrea Claudia Vaccanchio, a arrefecer as investigações contra Wellington Guimarães por ele ser “amigo de pessoas ligadas à administração”.

Em nota endereçada ao jornal, o deputado disse que não solicitou o atendimento de demandas apresentadas à ex-chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Dra. Andrea Vacchiano, bem como não interferiu nas investigações em curso. A ex-chefe de policia, no entanto, confirmou em depoimento o encontro e as pressões recebidas da dupla para “aliviar” a barra do investigado.

Rodapé

Geração de empregos: Poços continua andando em marcha-à-ré.

BLOG 20-ABR-2018

Ministro desembarca em Poços

Como o blog anunciou em absoluta primeira mão, hoje, às 7h45m desembarca no aeroporto local o Ministro dos Transportes Valter Casimiro Silveira, que concederá entrevista coletiva no próprio local. Tudo indica, que o ministro vem a Poços e depois segue de carro até Pouso Alegre, para anunciar a liberação de recursos para a duplicação da BR 459, rodovia que liga Poços de Caldas aquela cidade.

Esta pelo menos é a expectativa em torno da visita do ministro que deve ser recepcionado no aeroporto por prefeitos, vereadores e lideranças de toda região.

Nervos à flor da pele

Ao que parece a falta de dinheiro para pagar os fornecedores e prestadores de serviço anda influindo no astral do gabinete onde os nervos estão à flor da pele e algumas vezes o “descarrego” acaba sobrando para quem não tem nada a ver com o problema e até por cima dos credores que tem todo direito de cobrar o que tem para receber.

Para agravar a situação, o Secretário de Governo, que faz o papel de para-choque, e ainda joga água benta nos “nervosinhos” decidiu tirar férias em momento inoportuno, largando o prefeito numa fria e o que é pior, sem intermediário para apaziguar conflitos.

É exatamente nos momentos de maior dificuldade que se conhece o verdadeiro administrador que mesmo acuado, não perde a linha e respeita o direito de terceiros. Um Lexotan de manhã e outro à tarde ajuda a manter a calma, assim como chá de erva-cidreira antes de ir prá cama.

Geraldo ganha reforço para a campanha

Uma fonte ligada ao pré-candidato a deputado federal, Geraldo Thadeu, informou ontem que Geraldo conseguiu importante reforço para a sua campanha que é o apoio do deputado estadual Emidinho Madeira, produtor rural que assumiu pela primeira vez cadeira na Assembleia Legislativa em 2015 e possui excelente penetração em cidades da região como Nova Resende, Muzambinho, Juruaia, Guaxupé e muitas outras. Emidinho, que foi eleito deputado estadual com mais de 60 mil votos, está filiado ao mesmo partido (PSB), do ex-deputado e ex-prefeito Geraldo Thadeu.

Até que enfim...

            Aleluia! Depois de quatro anos, a prefeitura, com certeza por ordem do prefeito Sérgio Azevedo, está consertando a grade de proteção da ponte sobre o ribeirão, no cruzamento das avenidas Mansur Frahya com Antonio Togni, na zona oeste. Parte da proteção desabou desde a passagem de uma tubulação de gás da Gasmig e assim permaneceu todo este tempo, causando má impressão para quem passa por ali, em especial os turistas que deixam a cidade rumo a Águas da Prata ou para visitar o shopping.

Terceirizados

A administração está no caminho certo quando o prefeito fala em equipar a secretaria de obras e contratar mão de obra para fazer pequenos serviços de reforma em prédios públicos e consertos em próprios municipais, como é o caso de praças de lazer, praças esportivas, centros comunitários, escolas e postos de saúde.

De algumas administrações para cá, a prefeitura de Poços optou por terceirizar todos os serviços e hoje a secretaria de obras não passa de um órgão fiscalizador. Não possui equipe para executar nem mesmo os pequenos serviços como é o caso do conserto da estrutura de proteção desta ponte, onde o serviço está sendo feito por uma empresa privada.

Claro que se o trabalho fosse feito com mão de obra e material próprio, ficaria mais barato. A Secretaria de Serviços Públicos tem sido um exemplo de como se pode fazer mais com pouco dinheiro, exatamente utilizando mão de obra dos próprios servidores.

Fazendo a coisa certa

O executivo encaminhou para a Câmara, projeto de lei onde solicita autorização para contrair empréstimo no valor de R$ 10 milhões junto ao Banco do Brasil, com a finalidade de contratar empresa especializada para a modernização de gestão, gerenciamento. Recadastramento imobiliário, levantamento aerofotogramétrico e equipamentos de informática no valor de R$ 4.550.000,00 com a finalidade de atualizar a Planta Genérica de Valores, que serve de base para a cobrança do IPTU.

Ao contrário do que fez no ano passado, quando tentou aprovar projeto de lei com este mesmo objetivo e depois foi obrigada a retirar o projeto do legislativo por conter uma série de incorreções, desta vez a administração está agindo corretamente, contratando empresa para fazer a coisa certa, sem os valores absurdos e distorcidos que queria cobrar na proposta anterior.

            Outros cinco milhões do mesmo empréstimo serão destinados a infraestrutura de mobilidade urbana, aquisição de máquinas e equipamentos. O restante (R$ 450 mil) será aplicado na compra de ambulâncias para ser utilizadas na secretaria de saúde.

Ex-vereador responde ao blog

Em resposta a nota divulgada pelo blog, o ex-vereador Marcus Eliseu Togni disse que nunca solicitou, pediu ou sequer insinuou o desejo de ocupar qualquer secretaria no governo municipal, que apenas o seu partido (PMN) ofereceu apoio ao atual prefeito durante a campanha, sem intenção de ocupar cargos ou qualquer retribuição.

O vereador afirma ainda que faz mais de dois anos que não mantém contato com o ex-deputado Geraldo Thadeu, por isso a afirmação de que vai apoiá-lo na próxima campanha não existe e o partido (PMN), ainda não decidiu quais os candidatos que irá apoiar.

Quanto a sua atuação como integrante do Conselho de Administração do DME, afirma que tem toda liberdade para votar de acordo com seus princípios e experiência.

Huuum!!! Então, tá.

Falha na lei

 A chegada de vários food trucks (trailers para a venda de comida em espaço móvel) ontem à tarde, para participar do evento Cult Beer, festival de cultura & cervejas artesanais, que começou ontem e vai até domingo, atrás do Pálace Hotel, despertou a atenção de vários comerciantes e outros produtores de eventos que começaram a questionar este tipo de comercialização de alimentos que é proibida pela Lei 9.169, de autoria do vereador Antonio Carlos Pereira e liberada apenas no período de 16 a 31 de julho, mesmo assim no horário das 17 às 24 horas.

Como alguns vereadores foram acionados para tomar providências, o recado foi repassado ao secretário de Serviços Públicos, Thiago Biagioni, que determinou a presença da fiscalização para averiguar a anormalidade.

Segundo Flávio Ortega, chefe da fiscalização, a presença dos food trucks no evento está liberada, assim como foi no evento da semana passada promovido pela APAE, porque a venda dos alimentos não está sendo feita diretamente nos trailers, mas sim pelos promotores do evento e neste caso os veículos automotores servem apenas para o preparo da alimentação. Uma falha na lei que os vereadores já pensam em corrigir através de uma emenda na lei.

            Este é a segunda edição do evento, a primeira foi realizada no mês de novembro e segundo o fiscal, todas as taxas cobradas pelo uso do espaço público, em torno de R$ 4 mil foram recolhidas e o AVCB liberado pelo Corpo de Bombeiros.

Segue em frente

Apesar dos muitos boatos em torno de uma possível desistência em concorrer ao governo do Estado, o senador Antonio Anastasia segue firme e forte nas articulações para reforçar seu palanque. Depois de conseguir o apoio do PSD agora conversa com o PP e já dá como certa a adesão de Dinis Pinheiro.

Anastasia ainda mantém esperança de conquistar o deputado Rodrigo Pacheco, pré-candidato ao governo pelo DEM. As conversas nos bastidores continuam intensas e apenas Marcio Lacerda, do PSB parece mais distante de um acordo.

Quanto ao senador Aécio Neves, que agora é réu, o senador não fala, mas torce para que ele não seja candidato e que fique o mais longe possível da campanha.

Rodapé

Venda de comida nos foods trucks através de intermediários. Essa, realmente, é de cabo de esquadra, como diria um famoso jornalista poços-caldense, já falecido.

BLOG 19-ABR-2018

Governador caloteiro

Pois é... enquanto os vereadores do PT procuram defeitos na aplicação da lei do piso nacional do magistério, já em vigor na prefeitura de Poços, o governador Fernando Pimentel, do mesmo partido deles (PT), é chamado de traidor pelos professores do Estado, em greve desde o dia 8 de março. A categoria reivindica o pagamento do piso salarial e o fim do parcelamento do 13º salário de 2017.

Calote: Consignado

Os bancos que operam com crédito consignado para os servidores de Minas Gerais também estão em pé de guerra com Fernando Pimentel. Motivo: o governo de Minas Gerais não repassa há cinco meses aos bancos o que foi retirado da conta do servidor. A dívida é de cerca de R$ 300 milhões. Em março, foi feito um acordo entre os bancos e o governo. Os cinco meses de atrasos seriam quitados em seis parcelas. Mas Pimentel não cumpriu o acordo. Os bancos ameaçam agora retaliações. Entre elas, negativar a conta de todos os servidores que pediram crédito consignado nos últimos meses.

Calote: Saúde

Já o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais divulgou que o governo tem dificuldades de aplicar o mínimo constitucional à saúde. O estudo mostra o aumento progressivo dos restos a pagar das dívidas contraídas pelo Fundo Estadual de Saúde. Isso impacta diretamente no atendimento aos cidadãos e sobrecarrega os municípios que passam por dificuldades.

Calote: Transporte escolar

Enquanto isso, a Associação Mineira de Municípios informou que o governo de Minas Gerais voltou a atrasar os repasses de transporte escolar. De acordo com a entidade, o “pesadelo” dos prefeitos voltou. Segundo a nota, após cobranças e movimentos dos chefes do executivo, o estado quitou os valores referentes ao ano passado no dia 15 de fevereiro deste ano e que, em relação a 2018, o governo está devendo as primeiras três parcelas do ano – de fevereiro a abril – e, com isso, os prefeitos ficam sem alternativas para manter o transporte dos alunos da zona rural. Quem sai perdendo, como sempre, é a população.

Homenagem merecida

Nosso amigo, competente médico cardiologista, Dr. José Tasca, recebeu merecida homenagem durante o Congresso Sul Mineiro de Cardiologia, realizado no início do mês na cidade de Itajubá. O médico que tem atuação destacada na medicina em Poços de Caldas, recebeu da Sociedade Sul Mineira uma placa de prata, com os seguintes dizeres: “Agradecemos imensamente toda sua dedicação para o crescimento da Cardiologia Sul Mineira e pelo profissionalismo, bom caráter e comprometimento que sempre nortearam suas atitudes em prol do desenvolvimento da especialidade na nossa região. Nossa Sociedade Sul Mineira de Cardiologia completa esse ano 41 anos de existência com a certeza de que os caminhos de sucesso que percorremos atualmente muito se devem aos préstimos do Dr. José Tasca, um dos ícones da nossa regional”. Assinam Dr. José Ricardo Costa de Oliveira, presidente do Encontro e Dr. Frederico Toledo Campo Dall’Ortto, Presidente da Sociedade Sul Mineira de Cardiologia.

Na mesma oportunidade, outra placa de prata foi entregue pela Sociedade Mineira de Terapia Intensiva com os dizeres: “A Sociedade Mineira de Terapia Intensiva Eterniza nesta homenagem seu reconhecimento ao Dr. José Tasca pelo magnífico trabalho que desenvolve no contexto da terapia intensiva em Minas Gerais”

Agora vai...

A Secretaria de Administração abriu pregão eletrônico para a compra de coletes para uso dos profissionais que atuam na secretaria de Promoção Social. Quem sabe de colete novo os agentes dão um jeito nos pedintes, desocupados e drogados que infernizam a vida de todo mundo na área central.

Duplicação da BR 459

Circulou ontem a informação de que o Ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, estaria de viagem marcada para Poços de Caldas ainda esta semana, para anunciar a liberação de recursos para a duplicação da BR 459, rodovia que liga Poços de Caldas a Pouso Alegre.

Até o início da noite a informação não havia sido confirmada. Casimiro assumiu o cargo recentemente e antes era diretor do DNIT. Como responsável pelo órgão conhece muito bem os problemas da região. Foi ele o responsável por evitar a ação do governador Fernando Pimentel que queria privatizar a rodovia e construir várias praças de pedágio, mesmo sem a duplicação.

Foi Casimiro também que autorizou o recapeamento das avenidas Wenceslau Brás, Edmundo Cardillo e Alcoa, que fazem parte do trecho urbano das rodovias federais BR 459 e BR 146. A duplicação da BR 459 é uma antiga reivindicação dos prefeitos e lideranças das cidades situadas ao logo da rodovia.

Fazendo sucesso

Mesmo a prefeitura ainda não tendo regulamentado o serviço de taxi pelos aplicativos, o Uber está fazendo o maior sucesso em Poços de Caldas e já tem passageiro que prefere o Uber ao mototáxis porque o peço é quase igual. Outros estão deixando o carro na garagem, preferindo se deslocar de casa até o centro no veículo que além de oferecer segurança, é rápido no atendimento ao chamado e evita o pagamento da zona azul.

Tranca ruas age de novo

O trânsito na área central voltou a ficar complicado ontem, com o fechamento da Praça Pedro Sanches para obras, ao mesmo tempo em que a via atrás do Pálace Hotel também foi interditada por conta de uma enorme tenda armada para a realização do evento Virada à Mineira, que só vai acontecer no final de semana. Com o fechamento das duas vias, o trânsito ficou congestionado e os hóspedes do Pálace enfrentaram dificuldades para chegar ao hotel. Quanto aos agentes de trânsito... é melhor nem falar para não ser repetitivo.

Reunião no turismo

Foi transferida para esta quinta-feira a reunião dos charretistas com o secretário de turismo para tratar de assuntos de interesse daqueles que trabalham com as charretes de aluguel. O presidente do sindicato dos hotéis, Waldir Miguel ficou de comparecer para prestigiar os charretistas que ainda formam uma das atrações procuradas pelos visitantes. Desde que assumiu a pasta, o secretário não mostrou serviço e só conseguiu mesmo foi acabar com a Festa Uai e a Sinfonia das Águas, dois importantes eventos que constavam do calendário turístico. E ainda tem fama de arrogante.

Mobiliário novo

A Codenge, antiga Codemig, que voltou a administrar as Thermas Antonio Carlos trocou o mobiliário antigo e mal-cheiroso por novos móveis, novinhos em folha. Uma prova de que as coisas começam a melhorar em uma das nossas principais atrações para os visitantes, embora mal aproveitada, mas que faz o diferencial entre Poços e outros destinos turísticos. Se continuasse nas mãos da prefeitura, além do prejuízo mensal, o balneário continuaria sem recurso para efetuar fazer a troca do mobiliário, assim como para manter em boas condições de funcionamento os demais equipamentos colocados à disposição dos frequentadores.

Poços mais linda

A Secretaria de Serviços Públicos iniciou essa semana o Projeto POÇOS MAIS LINDA, que vai reformar e revitalizar, utilizando mão de obra própria da secretaria, mais de 30 praças da cidade no decorrer dos próximos meses. A primeira praça atendida é a da Vila Rica! Segue as fotos! Mais uma ação do jovem secretário Tiago Biagioni que com a colaboração dos servidores da Secretaria de Serviços Públicos tem sido o secretário-revelação do atual governo, sendo um dos principais responsáveis pela alta aprovação do prefeito Sérgio Azevedo nestes 16 meses de governo.

Rodapé

Os telefones da Prefeitura estavam mudos ontem à tarde. Será que os ratos comeram os fios?

BLOG 18-ABR-2018

Passou no teste

O prefeito Sérgio Azevedo se saiu bem no primeiro embate travado com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindserv), na discussão sobre a pauta proposta para a data/base de 2018. O chefe do executivo não atendeu ao pedido de reajuste que começou com vinte e depois caiu para dez por cento. Ofereceu apenas 3,5, índice pouco acima da inflação e atendeu apenas 19 das 42 cláusulas reivindicadas pela categoria.

Os servidores entenderam a difícil situação por que passa a prefeitura e por uma maioria esmagadora daqueles que compareceram a assembleia, decidiu, numa atitude de bom senso e colaboração com o prefeito-servidor, aceitar a contra proposta do executivo, aprovando o acordo coletivo.

O reajuste concedido parece pouco, mas representa um acréscimo em torno de R$ 700 mil a mais por mês sobre uma folha de pagamento e seus encargos. Mais de oito milhões de reais ao ano com o pagamento de férias, décimo terceiro, etc. etc.

Somados aos 9,2% concedidos no ano passado, nessa gestão os servidores já foram beneficiados com um reajuste de 12,7%. Em época de vacas magras, em que muitas prefeituras não estão conseguindo sequer pagar os salários em dia, o prefeito demonstra competência na gestão do dinheiro público.

Reforço oposicionista

Por trás da disputa que se avizinha entre os grupos dos tucanos, liderados pelo ex-deputado Carlos Mosconi e o prefeito Sérgio Azevedo e o grupo liderado pelos ex-prefeitos Geraldo Thadeu e Paulinho Courominas, com vistas a eleição para a Câmara Federal, está a disputa pelo comando da prefeitura em 2020. Se até agora a administração teve como oposicionistas apenas os dois vereadores do Partido dos Trabalhadores (Paulo Tadeu e Ciça), pela lógica o grupo de opositores será reforçado na disputa para a eleição de deputado, com reflexos na eleição municipal de 2020.

Fogo amigo

Não é de hoje que o prefeito anda com um pé atrás com o comportamento do seu “amigo”, Marcus Elizeu Togni, indicado por ele para integrar o Conselho de Administração do DME. Com o voto contrário a transferência de recursos do DME para a prefeitura e agora o alinhamento do ex-vereador com o candidato de oposição, Geraldo Thadeu, fica claro que o chefe do executivo levado pela pressão do vice, que queria Marcus Togni no comando da Sedet, errou na indicação.

Que tiro foi esse?

O clima esquentou na reunião ordinária de ontem na Câmara Municipal, quando da leitura e discussão em torno de um requerimento de autoria do vereador Paulo Tadeu, sobre a implantação da lei do piso do magistério e o horário extraclasse que vem causando turbulência na área de educação.

O vereador Lucas Arruda, ao rebater a fala do autor do requerimento aparentou nervosismo, acusando o vereador proponente do pedido de informações de estar, seguidamente, repetindo que os professores foram prejudicados pela lei aprovada nesta gestão.

O líder a bancada da situação, Alvaro Cagnani solicitou um aparte para dizer que aconselhou o prefeito a não encaminhar o projeto de lei sobre o piso do magistério porque não teria dinheiro para pagar o aumento que isso representa na folha de pessoal do magistério.

Segundo Alvaro, assim como o ex-prefeito Paulinho Courominas, deu um tiro no pé, ao aprovar a redução do horário de trabalho dos servidores de oito para seis horas, o prefeito Sérgio também deu um tiro no pé ao aprovar a lei do piso salarial do magistério. 

Calado

O ex-prefeito Luiz Antonio Batista parou com as críticas que vinha postando nas redes sociais contra a administração. Depois de uma reunião com o prefeito e o secretário de governo, quando algumas verdades foram ditas de lado a lado, o ex-prefeito decidiu não dar mais palpite no governo e deixar o barco correr. Prefere seguir o antigo provérbio português de que o Tempo é o Senhor da Razão.

Calmaria

Enquanto o clima promete ferver no andar de cima, a disputa por vaga na Assembleia Legislativa segue tranquila com o ex-prefeito Eloisio ganhando terreno (e muitos votos), em cidades da região. Junto com o apresentador Mauro Tramonte, são os dois candidatos com chance real de vitória. O mão-de-veludo ainda não decidiu se entra na disputa.

Esqueçam o que eu disse...

Paulinho Courominas já reuniu sua tropa e colocou à disposição do deputado Geraldo Thadeu para a campanha. A ordem é esquecer a última disputa eleitoral pelo comando da prefeitura, quando as ofensas pessoais aconteceram dos dois lados e manter no arquivo os vídeos e impressos altamente ofensivos que acabaram determinando a derrota dos dois para o então neófito em politica, Sérgio Azevedo. A ordem agora é elaborar um novo dossiê, desta vez contra o adversário comum, Carlos Mosconi. Sobre este assunto, o papo já rola em uma famosa churrascaria da cidade.

É eu...

Até lá, muita água vai passar por debaixo da ponte, mas, para marcar território e evitar uma rasteira de última hora, o vereador Paulo Tadeu já vem avisando aos mais chegados que será o candidato do PT a sucessão municipal em 2010. Não abre mão da próxima disputa, nem mesmo para o ex-prefeito Eloisio. Candidatura à reeleição para a Câmara de Vereadores, nem pensar.

Caça aos ratos

O vereador Joaquim Alves anda preocupado com o número de ratos que andam passeando pelas ruas do centro. Apresentou pedido de informações ao prefeito pedindo uma análise da situação e que de um jeito de acabar com a praga.

Segundo informações do vereador, os ratos passeiam, principalmente pela Avenida Francisco Salles, onde invadem o terminal de linhas urbanas e os estabelecimentos comerciais. Por enquanto não se tem notícia se invadiram também o prédio da prefeitura.

Virou bagunça

A atual administração tem priorizado a limpeza pública e o cuidado com as praças, parques e jardins, para diferenciar o município das demais cidades que não tem esse mesmo cuidado. No entanto, de uns meses para cá, os postes de iluminação pública tem servido de painel para a colagem e fixação de cartazes com propaganda de todos os tipos, desde supletivo até frases com mensagens religiosas. E o município também dá a sua colaboração para emporcalhar ainda mais os postes com avisos sobre interdições para conserto do asfalto. Ouve tempo em que o Departamento Municipal de Eletricidade fiscalizava e punia com rigor os autores deste tipo de poluição visual. Se providências não forem tomadas, a cidade irá se igualar a maioria dos municípios onde os postes da rede elétrica servem como mural para todo tipo de colagem.

Rodapé

Vereador Joaquim anda preocupado com os ratos que passeiam pelo centro. Nossa sugestão é o lançamento de uma campanha do tipo mate um rato e ganhe desconto no IPTU. Ou mate um rato e concorra a passeio no teleférico. Mas tem que ser ratos do centro, dos bairros não vale.

BLOG 17-ABR-2018

Servidores aprovam acordo coletivo

O comando do governo municipal conseguiu na tarde de ontem importante vitória ao ver aprovado em assembleia, o acordo coletivo da data base 2018/19 a ser firmado entre o sindicato dos servidores municipais e a chefia do executivo. A assembleia da categoria, que começou na porta da prefeitura, terminou no espaço cultural da Urca onde a maioria dos mais de seiscentos servidores presentes aprovou a proposta da administração.

Com isso os servidores terão reajuste salarial de 3,5%, bem menos que os 10% reivindicado, além do reajuste do vale alimentação que passará de 450 para 465 reais. A pedida do sindicato era de 500 reais. Das 42 cláusulas constantes da pauta de reivindicações apresentada pelo sindicato, o comando da administração aprovou apenas 19.

Segundo a presidente do sindicato, com a aprovação, está afastada a possibilidade de greve, embora novas mobilizações e manifestações devam ser programadas.

Resolvido este problema, as atenções agora se voltam para o DME, onde funcionários da distribuidora prometem paralisação para esta quarta e quinta-feira, também reivindicando reajuste salarial.

O lado bom...

A explosão imobiliária na cidade, com a construção de dezenas de novos prédios de apartamentos, além dos muitos loteamentos e condomínios, já aprovados, tem um lado ruim que é a falta de estrutura para abastecer as novas moradias com água e esgoto, e o problema da mobilidade urbana que se agrava a cada dia. No entanto, por outro lado, a partir a partir da expedição do habite-se o imóvel passa a recolher o IPTU, aumentando o bolo arrecadado pela prefeitura com este imposto municipal. Ou seja, é ruim, mas é bom.

Quem paga a conta?

Alunos das universidades locais estão se movimentando para que a empresa concessionária do transporte coletivo cumpra a lei promulgada em 2010, que dá direito aos estudantes do ensino fundamental, médio, supletivo e ensino superior ao desconto de 50% na passagem. Alunos da Unifal, Unifenas e IF Sul de Minas, reivindicam o benefício e estiveram reunidos na semana passada com o prefeito que disse não poder fazer nada por eles no momento.

O problema é saber quem vai pagar por isso já que a gratuidade tem impacto direto no preço das passagens que já está defasado. Além disso, a prefeitura já deve mais de 4 milhões para a empresa porque não anda pagando o vale transporte dos servidores.

O jeito é mesmo empurrar o problema para a próxima licitação do transporte público, em 2019.

Geraldo confirma candidatura

O ex-deputado Geraldo Thadeu foi entrevistado ontem no programa Canal Aberto, da TV Poços. Na entrevista Geraldo confirmou que se filiou ao PSB do pré-candidato ao governo do estado, Márcio Lacerda, e que vai mesmo disputar vaga na Câmara Federal. Segundo Geraldo ele já recebeu o apoio do ex-prefeito Paulinho Courominas, do suplente de vereador Marcus Elizeu Togni, além do presidente do PSC, Wanderlei Monteiro, que deve ser o coordenador da sua campanha, embora seu partido não esteja alinhado com a candidatura de Márcio Lacerda. Para os próximos dias o ex-deputado aguarda também a adesão de Tereza Navarro, do PRB.  

Repeteco de 2014

A confirmação de que Carlos Mosconi e Geraldo Thadeu irão disputar vaga na Câmara Federal, repete o cenário vivido em 2014, quando ambos tentaram voltar a Câmara e na divisão dos votos acabaram morrendo abraçados. Nenhum dos dois conseguiu alcançar votação suficiente para se eleger. Como ficaram sem mandatos nos últimos quatro anos, a eleição deste ano se apresenta como mais difícil ainda, com a cidade correndo sério risco de permanecer sem representantes em Brasília.

No Boca a Boca

Quem participou ontem do Boca a Boca, pela Master Web Rádio foi o ex-prefeito Paulinho Courominas, que confirmou o apoio ao pré-candidato Geraldo Thadeu. O Boca a Boca é apresentado por Silas Lafaiete, de segunda a sexta-feira, no horário das 17 às 18 horas. Hoje o entrevistado será Antonio Cesar Mantovani, que irá representando o presidente do partido, Waldir Miguel.

Lacerda no segundo turno

Pela pesquisa do DataFolha parece que a possível candidatura do ex-ministro Joaquim Barbosa, vai ganhar musculatura e se isso acontecer pode levar Marcio Lacerda para o segundo turno na disputa pelo governo de Minas. Temos que considerar ainda que Lacerda poderá ter a apoio do presidenciável Ciro Gomes, de quem foi Secretário Geral no Ministério da Integração Nacional. Além do provável apoio da Rede e do Partido Comunista, onde foi militante na juventude. A conferir.

Disputa amistosa

Mesmo com a promessa dos dois candidatos de manter a disputa em bom nível, o histórico dos grupos que estarão atuando nas duas campanhas não garante que a disputa manterá o respeito mútuo, podendo descambar para as ofensas pessoais, principalmente através das redes sociais onde o que não falta é gente para botar lenha na fogueira.

O mais novo postal da cidade

Acreditem esta cena é do último sábado, na hora do almoço, em plena Fonte do Leãozinho, ao lado das Thermas Antonio Carlos, onde no entorno do balneário estava sendo realizada a feira de artes, com a presença de muitos turistas. Moradores de rua dormindo tranquilamente nos bancos, e, segundo o autor da foto, minutos depois surgiu também um casal, que tomou banho na fonte. A guarda foi avisada, mas não compareceu e o secretário de turismo, ora bolas, turismólogo não é para cuidar dessas coisas, não é mesmo?

Troca troca partidário

Vinte deputados, entre estaduais e federais, aproveitando a janela partidária de um mês, trocaram de legenda no Estado. Apesar das trocas as forças politicas do governo e oposição pouco mudou. O Podemos (antigo PTN) foi o que ganhou mais corpo, com a filiação de três deputados estaduais e dois federais em Minas. Depois dele, o DEM teve desempenho melhor, com o acréscimo de uma cadeira na Assembleia e três na Câmara (onde também teve uma baixa, mantendo portanto um saldo de duas vagas adicionais).

Na Assembleia Legislativa

Arlete Magalhães – do PV para o PSDC

Arnaldo Silva – do PR para o DEM

Dirceu Ribeiro – do PHS para o Podemos

Neilando Pimenta – do PP para o Podemos

Rosângela Reis – do PROS para o Podemos

Elismar Prado – do PDT para o PROS

Fábio Cherem – do PSD para o PDT

Lafayette Andrada – do PSD para o PRB

Léo Portela – do PRB para o PR

Sargento Rodrigues – do PDT para o PTB

Na Câmara dos Deputados

Bilac Pinto – do PR para o DEM

Bonifácio de Andrada – do  PSDB para o DEM

Rodrigo Pacheco – do MDB para o DEM

Dâmina Pereira – do PSL para o Podemos

Laudívio Carvalho – do SD para o Podemos

George Hilton – do PSB para o PSC

Tenente Lúcio – do PSB para o PR

Lincoln Portela – do PRB para o PR

Marcelo Álvaro Antonio – do PR para o PSL

Misael Varella – do DEM para o OS

COMENTÁRIO

Pelo que tenho visto no Blog, a despeito dos esforços do prefeito as finanças do município não param de piorar. A “vaca sagrada”, manter a folha dos servidores e repasses constitucionais em dia poderá estar com os dias contados. Parece que o cenário é de piora, até agora, o corte de despesas para valer limitou -se as ações qualificadas da Secretaria de Serviços Públicos. No ano passando essa redução de despesas foi importante, mas as demais secretarias não fizeram a lição de casa, por outro lado não houve empenho de modernizar a estrutura para buscar novas receitas. Diante de cálculos políticos malfeitos ou falta de coragem para fazer o enfrentamento da situação, cada vez mais se aproxima o dia em que o município deixará de cumprir as suas obrigações constitucionais básicas. Não existe mágica, ou moderniza a máquina ou promove um brutal aumento de impostos(IPTU). Resta saber se os contribuintes suportarão. (Orlando Rodrigues).

BLOG 16-ABR-2018

Pindaíba

Após a reforma trabalhista, os sindicatos de classe passaram a enfrentar sérias dificuldades financeiras por conta da extinção do desconto de um dia de trabalho ao ano para subsidiar suas atividades. O sindicato dos jornalistas mineiros não foge à regra, está próximo de encerrar suas atividades. Antes da reforma a receita mensal era de R$ 50.634,00 que agora caiu para R$ 14.898,00. Com despesa próxima dos R$ 30 mil mensais, a sobrevivência do sindicato está séria seriamente ameaçada.  A presidente do sindicato Alessandra Mello disse que vai lançar uma campanha para elevar o número de filiados de 500 a 700 jornalistas e com isso cobrir o déficit financeiro. Não vai ser fácil.

Propaganda institucional

Um vídeo da prefeitura que começou a ser veiculado nas emissoras de tv e nas redes sociais conclamando os contribuintes a pagar o IPTU em dia, mostra na maioria das imagens, o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Serviços Urbanos ao longo destes 14 meses de governo. Mais uma demonstração de que Thiago Biagioni é, disparado, o melhor secretário desta administração. Mesmo com a cara feia e falta de vontade do pessoal da Rede.

Fazendo escola

Como se sabe, os hospitais filantrópicos de todo o país vivem séria crise de sobrevivência, em especial as Santas Casas, muitas delas com o atendimento já paralisado por causa da falta de dinheiro. Não é todo município que possui um DME para socorrer o hospital toda vez que a crise atinge situação insustentável, como agora, quando o hospital, de novo, está ameaçado por uma dívida que ultrapassa os R$ 20 milhões.

Na vizinha São João da Boa Vista, os vereadores e o prefeito inovaram no socorro financeiro a Santa Casa do município. A Unifae, universidade pública gerenciada pelo município, vai destinar todo o seu imposto de renda para a Santa Casa. No ano passado a universidade arrecadou R$ 1,9 milhão com o imposto que para ser repassado pela prefeitura ao hospital precisou de uma lei específica, já aprovada pela Câmara de Vereadores. Pelo menos até a próxima crise, a Santa Casa sanjoanense continuará respirando.

Exemplo

Mas nem tudo vai mal, a Santa Casa de Mococa, por exemplo, que estava ameaçada de fechar as portas, foi salva pela competência da sua ex-provedora, Maria Edna Gomes Mazieiro, que já foi prefeita da cidade. Com uma gestão profissional a provedora conseguiu tirar o hospital do buraco e até fazer um caixa de um milhão de reais que deixou para quem a substituiu no cargo. Exemplo a ser seguido.

Rede pode ser parceira do PSB

A pré-candidata a Presidência, Marina Silva, da Rede Sustentabilidade esteve em Belo Horizonte esta semana onde declarou que não descarta uma aliança com o PSB que tem no ex-ministro Joaquim Barbosa sua principal estrela. A conversa pode evoluir para que Joaquim ou Marina seja cabeça de chapa, numa união que interessa aos dois partidos. Repassando o assunto para o nível local, se isso realmente se concretizar teremos o PSB de Márcio Lacerda unido a Rede, que neste caso, trabalharia contra o candidato tucano ao governo. Ou seja, o prefeito teria um candidato (Anastasia) e o vice outro (Márcio Lacerda). É esperar para ver o que acontece.

O mais difícil

Como virou o ano apresentando boa aprovação do seu governo, os indicativos eram de que o prefeito Sérgio Azevedo fugiria a escrita de que o segundo ano é o mais difícil durante o mandato. Mas nem tudo parecem flores (graças a elas seu governo é bem avaliado) neste segundo ano. Os solavancos dos primeiros meses de 2018 leva a acreditar que, à exemplo de alguns dos seus antecessores, o alcaide terá sérias dificuldades para manter o trem nos trilhos.

O principal obstáculo está na falta de dinheiro, provocada em parte por algumas medidas equivocadas adotadas no primeiro ano e pela falta de repasse dos recursos a que o município tem direito e que o governador caloteiro, Fernando Pimentel, insiste em manter nos cofres do Estado, como as parcelas do IPVA, ICMS e verbas da saúde.

Além disso, um acidente de percurso não planejado foi o bloqueio, por parte da Receita Federal, do Fundo de Participação dos Municípios, retido porque a prefeitura não recolheu o imposto que é devido ao INSS. Tudo isso colaborou para agravar ainda mais o aperto financeiro que já era grave devido a dívida herdada do governo anterior.

O segundo ano foi terrível até para prefeitos que depois deram a volta por cima e deixaram o governo com alto índice de aprovação. Entre eles estão Sebastião Navarro (nos dois mandatos), Luiz Antonio Batista e Geraldo Thadeu, todos com passagem vitoriosa pela prefeitura. Quem não conseguiu se recuperar foi os dois prefeitos do PT (Paulo Tadeu e Eloisio), que perderam a reeleição. Não fossem os problemas legais enfrentados junto a justiça eleitoral, até mesmo Paulinho Courominas teria sido reeleito, mesmo tendo chutado o balde e brigado com seu grupo politico.

Como o prefeito puxou para si toda a responsabilidade do chamado governo técnico, onde quem manda e sabe das coisas é só ele, não resta outra alternativa aos seus apoiadores a não ser torcer para que o chefe do executivo esteja certo e não cometa mais erros.

Mal na fita

Se o vice-prefeito ainda alimenta alguma espe5ança de vitória caso se decida por concorrer a uma vaga de deputado estadual, seria interessante ouvir algum dos seus ex-companheiros do PT. Uma pesquisa para consumo interno, encomendada pelo governo estadual sobre possíveis candidaturas de deputado em Poços coloca o vice como um dos últimos na preferência do eleitorado.

Deixou saudades

O governo do petista Eloisio Lourenço foi um dos piores e mais irresponsáveis do ponto de vista de realizações desde a volta das eleições diretas para prefeitos das estâncias, em 1985. Mas, justiça seja feita, no meio de tanta gente ruim, sobressaiu com um bom trabalho na área da educação, a falecida professora Maria Cláudia Prézzia Machado que imprimiu um novo ritmo a pasta, fazendo uma gestão administrativa competente, sem causar nenhum ruído que pudesse desagradar o pessoal do magistério ou os alunos da rede municipal.

Totalmente inverso da atual secretária que além de não ser assídua no trabalho, só aparecendo na hora das fotos, ainda toma medidas equivocadas, fazendo com que a educação permaneça com uma agenda negativa permanente. Culpa disso também cabe ao vice-prefeito, que bateu o pé para indica-la para o cargo.

Nada definido

A direção do Partido dos Trabalhadores em Minas ainda não decidiu se a ex-presidente Dilma Rousseff será candidata ao Senado, com a entrada dela na chapa ficou difícil para o governador Fernando Pimentel manter alianças com outros partidos. Por isso os dirigentes petistas já pensam em lançar a ex-presidente como candidata a deputada federal. Sua votação, com certeza ajudaria a eleger outros candidatos, reforçando a bancada do partido na próxima legislatura.

Medidas administrativas

Azer Zenun Junqueira, superintendente administrativo da Santa Casa, nega que tenha sido adotada pela direção qualquer medida que caracterize perseguição a funcionários. O que está havendo é apenas uma realocação de pessoal para melhor funcionamento do hospital que possui hoje mais de 900 funcionários. Segundo ele, em alguns setores existe falta de funcionários enquanto que em outros há sobra de pessoal. Na medida do possível a nova administração iniciou a substituição de equipamentos considerados obsoletos, além de estar adaptando a Santa Casa para a busca de parcerias visando o aumento da receita.

Segundo informações do gabinete do prefeito, nos próximos dias a prefeitura que vem repassando em dia as verbas destinadas ao hospital, também deverá liberar recursos que irão permitir o pagamento dos atrasados para os médicos.

Equipe nota dez

Mais uma vez Patricia Justiniano, Adriana Lamana e Leticia Tayron bateram brilhantemente suas metas ao final do primeiro trimestre do ano conquistando os cobiçados saquinhos. “Sucesso a todas e que venham os próximos meses, nosso objetivo é ganhar tudo em 2018”, diz o diretor da empresa, Victor Hugo Xavier, demonstrando muita confiança na equipe comercial da Start Outdoor.

Há 27 anos no mercado a Start Outdoor foi pioneira na produção e veiculação de outdoors no Sul do estado de Minas Gerais e também no Leste do estado de São Paulo, sendo a primeira empresa da região a ser filiada a Central de Outdoor do Brasil.

A Start Outdoor está sediada em Poços de Caldas com filial em Pouso Alegre, possui 319 quadros de outdoors, Outdoor Digital LED, peças metálicas de Mega Light, Front Light, Mega Painel Urbano e Painel Rodoviário cobrindo uma região de 23 cidades do interior de Minas e 11 cidades do interior de São Paulo se consolidando como o principal veículo de mídia exterior da região.

Rodapé

Com ameaça de greve e manifestações, a semana promete muita animação.

BLOG 14-ABR-2018

Seis por meia dúzia

Tem muita gente achando que o prefeito deveria promover uma reforma do seu secretariado, substituindo alguns ocupantes de cargos de primeiro escalão, peças que não estão funcionando e comprometendo toda equipe de governo. O problema é substituí-los por quem? O banco de reservas é composto por suplentes de vereadores ou alguns indicados de partidos aliados, a maioria com perfil pior do que aqueles que estão na ativa. Até trocar seis por meia dúzia está difícil.

Erro ou acerto?

O dia a dia do governo tem demonstrado que o prefeito talvez tenha errado em escolher para ocupar cargos de primeiro escalão seus colegas de prefeitura. Ficou amarrado a eles e qualquer exoneração hoje é difícil porque amanhã, fora do poder, voltará a conviver com os demitidos. Se bem que alguns tucanos, seus companheiros de partido, que estão no governo também apresentam desempenho pífio e mais atrapalham do que ajudam a administração.

Quanto aos indicados pelo partido parceiro, o Rede Sustentabilidade, exceção feita a diretora da Autarquia Municipal de Ensino, Nanci de Moraes, os demais decepcionam, com destaque para a secretária de educação, Flávia Vivaldi que não faz outra coisa a não ser arrumar dor de cabeça para o prefeito. E ainda tem o mão-de-veludo, que age nas sombras contra o governo.

Quem te viu...

Só para lembrar alguns nomes que ocuparam secretarias em administrações passadas, aquelas dos “coronéis” que o atual prefeito tanto critica e quer distância. Gustavo Zarif Frahya, Luiz Antonio Batista, Cicero Machado de Morais (hoje apenas no conselho do DME), Flávio de Lima e Silva, Maria Caldas, prof. José de Castro Araujo, Ronaldo Durante, Armando Bertoni, Júlio Balducci, Luiz Sodré, Gaspar Eduardo de Paiva Pereira, Jofre José Ferreira Santos, Salma Neder, Ronaldo Junqueira e por aí afora. Comparados aos nomes que compõem o secretariado da “gestão técnica”, sinceramente, chega a ser uma ofensa. Pior que isso, só mesmo o secretariado das duas administrações petistas.

Na bronca

Com o recolhimento do IPTU/2018 a partir desse mês, a administração deve dar um fôlego nas dívidas acumuladas desde janeiro e que segundo informações, já ultrapassam R$ 50 milhões. Como o dinheiro não será suficiente para pagar toda dívida, o secretário da Fazenda, Alexandre Lino, tem proposto aos credores o pagamento em parcelas. A maioria não está aceitando a oferta.

Novo pulo

A ex-vereadora mais conhecida como Regina Pula Pula pulou mais uma vez de partido filiando-se agora ao Partido Humanista da Solidariedade (PHS) nessa última 6ª feira, 13, para disputar uma das vagas ao legislativo estadual para alívio dos vereadores do DEM que estavam incomodados com a eventual adesão de Regina Cioffi ao partido. A ficha de filiação foi assinada num bar, em Belo Horizonte, e na Câmara Federal o PHS conta apenas com um deputado mineiro,  Marcelo Aro, que é  conselheiro do clube Atlético Mineiro. Os cruzeirenses de Poços já avisaram que não irão votar nela. Em 2002 o PHS apoiou Lula quando foi candidato à presidência.

Para o gabinete

O presidente da Câmara de Vereadores, Antonio Carlos Pereira, encaminhou para o gabinete do prefeito o requerimento onde o vereador Paulo Lula D’arcádia pede informações sobre a contratação de uma doutora de Campinas para dar aulas sobre “gestão democrática” nas escolas, ao preço de R$ 20 mil por apenas dez aulas. Cabe agora ao chefe do executivo decidir se autoriza o pagamento ou não. Como tem aval da Procuradoria, deve autorizar. Nunca é demais lembrar que na sua segunda passagem pela prefeitura, o ex-prefeito Sebastião Navarro também tinha a aprovação da secretária de educação Maria Raimunda e do Procurador Geral, Dr. Rafael Santini para a contratação (sem licitação) de um curso de inglês para alunos da rede municipal. Acabou sendo condenado por improbidade administrativa e condenado a reembolsar os cofres públicos em mais de um milhão de reais.

Fortes emoções

Pelo visto, a semana promete fortes emoções, tem assembleia convocada pelo sindicato dos servidores na porta da prefeitura na segunda, na quarta e quinta-feira greve dos funcionários do DME, carta aberta ao prefeito e vereadores dos professores da rede municipal com sérias críticas contra a administração e até mesmo a possibilidade de outra carta dos funcionários do DMAE demonstrando descontentamento com a atual direção da autarquia. O inferno astral do prefeito-servidor está apenas começando.

Com desconto

Segundo consta, o edital contendo o processo de inexigibilidade para contratação do curso “Gestão Democrática nas Escolas”, foi publicado 19 dias após o inicio do curso. Como o vereador Paulo Tadeu levantou a questão, a secretária de educação não vai pagar o período anterior a publicação. Ao ser informada sobre a falha e que as aulas até o dia em que foi publicado o edital não seriam pagos, a Dra. Adriana Stella Pierini, responsável pelo curso, respondeu que “não tem importância, não estamos aqui pelo dinheiro”. Falou e nem ficou vermelha.

Pegou mal...

O afastamento do secretário de governo Celso Donato por trinta dias, num momento em que a administração passa por sérios problemas não pegou bem e já tem gente criticando a atitude do secretário que ocupa um dos cargos mais importantes da administração, ter deixado o prefeito na mão com todos esses problemas.

Retificando

Por uma falha de memória, o blog publicou o nome do ex-prefeito de Caldas e pré-candidato a deputado estadual, Ulisses Gomes, quando na verdade trata-se de Ulisses Guimarães Borges. Falha nossa, pedimos desculpas aos leitores e ao ex-prefeito que é gente fina.

Na Assembleia

A moda entre os parlamentares de acrescentar o nome Lula nos painéis de votação está se alastrando e já chegou a Assembleia de Minas, onde os deputados Durval Ângelo, líder do governo Pimentel e o primeiro secretário da ALMG, Rogério Correia já encaminharam requerimento ao presidente da Casa solicitando a mudança. Além deles, os pedidos vieram de Ulysses Gomes, André Quintão, Marília Campos, Cristiano Silveira, Dr. Jean Freire e Paulo Guedes. A deputada Geisa Teixeira estava viajando e por isso não assinou o requerimento a tempo de ser publicado. Em Poços, pelo menos por enquanto Paulo Tadeu e Ciça não manifestaram o mesmo desejo.

Governador caloteiro

O PSDB entrou com nova Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão junto ao Supremo Tribunal Federal, contra o governo do Estado de Minas Gerais, com pedido de medida cautelar para que sejam repassados imediatamente aos municípios os recursos retidos do IPVA. Segundo dados da Associação Mineira dos Municípios, o governo estadual deve aos municípios R$ 749 milhões em recursos do IPVA. Em dezembro passado o PSDB já havia ajuizado uma ação semelhante contra o governo mineiro, junto ao STF, o que garantiu o pagamento do ICMS aos municípios, embora segundo a AMM os repasses ainda estão em atraso.

Clima tenso

O clima entre os funcionários do hospital da Santa Casa inclusive entre aqueles que já foram demitidos é de intenso nervosismo e expectativa diante das medidas que estão sendo tomadas pela nova direção do hospital. O blog recebeu de um funcionário, cujo nome manteremos no anonimato, o seguinte e-mail:

“Caro Polli,

Eu como um cidadão poços caldense indignado, venho através deste e-mail solicitar ajuda à você, confiando na seriedade do seu canal, para que ajude os funcionários da Santa Casa que tanto pedem socorro no reclame aqui Poços de Caldas sem nenhuma resposta. Os funcionários externos que já foram demitidos têm o direito de se expressar, porém os que ainda trabalham no hospital estão com medo de se expressarem pois sofrem coação e ameaças de demissão em massa. Sou um profissional que trabalha e viste a camisa da Santa Casa e assim como meus colegas de trabalho estamos com medo que não aja quem olhe por nós, pedimos a você que nos auxilie expondo nossa situação para que alguém possa interceder. Precisamos que a voz da maioria dos funcionários seja escutada! Abaixo os anexos do problema que viemos enfrentando sem que ninguém faça nada. Estamos sendo injustiçados, não falo somente por mim, mas todos que estão sofrendo e são muitos. Essa RT de Enfermagem esta ditando as normas la dentro e coagindo, perseguindo e humilhando quem não obedece suas normas. Por favor nos ajude”.

Cabe ao superintendente administrativo Azer Zenun Junqueira analisar a veracidade da situação denunciada e tomar medidas para que esse clima de insegurança não prevaleça entre os funcionários, evitando até um possível prejuízo no atendimento aos pacientes. O e-mail veio acompanhado de uma série de postagens, também com reclamações, na página Reclame aqui do facebook. O espaço está garantido para a direção do hospital caso queira se manifestar.

Rodapé

Com a crise financeira, aliada ao movimento dos servidores por reajuste salarial, mais o descontentamento no magistério e funcionários da distribuidora de energia ameaçando greve, vai ser difícil evitar uma implosão na casa amarela.

BLOG 13-ABR-2018

Modismo

Virou moda entre os fanáticos parlamentares petistas acrescentar Lula a seus nomes, como já fizeram os senadores Gleisi Hoffmann e Lindenberg Farias. Em contrapartida, seus adversários estão acrescentando Moro aos seus nomes. Vai dai que se a moda chegar por aqui, os dois vereadores do PT passarão a ser chamados de Paulo Tadeu Lula da Silva D’arcádia e sua colega “Ciça”, simplesmente Maria Cecilia Figueiredo Lula Opipari.

Em contrapartida teríamos o Antonio Carlos Moro Pereira, Maria Ligia Moreira de Freitas Moro de Podestá, Alvaro Moro Cagnani, Ricardo Moro Sabino e por ai vai...

Cada dia mais complicado

A realização de mais um júri popular obrigou a interdição, ontem, da Rua Pernambuco, no quarteirão entre as ruas, Minas Gerais e Assis Figueiredo. Como sempre, o trânsito virou um caos, irritando ainda mais os motoristas. O problema é de difícil solução e acontece graças à incompetência dos nossos governantes que por questões menores desprezaram a verba liberada pelo Tribunal de Justiça do Estado para a construção de um novo prédio para abrigar o Fórum, longe da área central. Com isso a cidade ficou fora dos recursos liberados, perdendo excelente oportunidade para aliviar os congestionamentos na área central.

Faltou boa vontade

Como está em gestação uma campanha para que os eleitores votem apenas em candidatos a deputado da terra, é preciso que a campanha também alerte para a necessidade de eleger deputados aliados ao governo municipal. Foi por divergências políticas que a cidade perdeu, não só o novo Fórum, mas também a construção de um Centro de Convenções.

O prefeito anterior, Eloisio Lourenço, não quis prestigiar as conquistas de oposicionistas e procurou boicotar, de todas as formas, a construção das edificações na zona sul, em área desapropriada para as duas edificações, mais o Centro Administrativo que levaria para lá a prefeitura com todas as suas secretarias. Pelo mesmo motivo o prefeito petista não demonstrou boa vontade para a construção do novo presídio e o hospital do câncer. Atrapalhou tanto que perdemos as três obras de vital importância para a cidade.

De nada adianta elegermos deputados se não estiverem afinados com a atual administração, ou pelo menos demonstrar boa vontade, deixando de lado as picuinhas politicas para pensar mais na população.

E o pior de tudo que o ex-prefeito governou quatro anos tendo como presidente Dilma Rousseff, e dois com Fernando Pimentel, ambos do seu partido. Mesmo assim não conseguiu nenhuma ajuda para executar as obras que a cidade tanto reclama.

Fórum na zona sul

Por considerar, com muita razão, a área do Jardim Country Club, imprópria para a construção do novo Fórum, o prefeito Sérgio Azevedo pretende retomar as negociações com o Tribunal de Justiça do Estado para que o prédio seja construído na área desapropriada na zona sul, como era a ideia inicial. Ali também o prefeito pretende definir como a área do futuro Centro Administrativo que será construído com o recurso proveniente da venda do Complexo Santa Cruz.

Forasteiros

Dilma Roussef, e o empresário Josué Gomes da Silva poderão ser indicados para compor a chapa do governador Fernando Pimentel que vai tentar a reeleição. Dilma como candidata ao Senado e Josué como vice. Pois bem, trata-se de dois forasteiros, uma vez que mesmo tendo nascido em Minas, a ex-presidente deixou o estado há décadas, transferindo seu domicilio eleitoral para o Rio Grande do Sul, enquanto que o empresário Josué Alencar mora em São Paulo e quase não frequenta Minas, embora seu pai tenha nascido em Muriaé, e eleito senador por Minas Gerais. Duas aves de arribação que estão pousando no ninho do governador petista Fernando Pimentel.

Assembleia geral

Com ponto abonado a partir das 13 horas, o sindicato da classe está convocando todos os servidores municipais para uma assembleia geral marcada para as 14 horas, da próxima segunda-feira, na porta da prefeitura. Na oportunidade estará sendo votada a resposta à pauta de reivindicações da data base 2018/19 e a conclusão das negociações com os representantes do governo municipal. Esta será a primeira vez que os servidores estarão se manifestando contra uma administração que tem no comando os próprios colegas de trabalho.

O estranho é que com jornada de seis horas, na segunda os servidores que quiserem participar da assembleia terão o ponto abonado a partir das 13 horas e o local da manifestação, além de impróprio, principalmente para o horário, só vai servir para atrapalhar ainda mais o trânsito e irritar os motoristas contra os próprios participantes da assembleia.

Fraude em Pouso Alegre

A Policia Federal deflagrou ontem operação para investigar fraudes em fundos de previdência municipais que faziam investimentos em fundos de fachada. O Instituto de Previdência Municipal (Iprem), da prefeitura de Pouso Alegre é um dos institutos de aposentadoria envolvidos no esquema. Se servir de consolo, pelo menos disso estamos livres, os servidores da prefeitura local continuam regidos pelo regime celetista e o IASM está quase falido, sem nenhum dinheiro para investir em coisa alguma.

Sem rumo

O enrolado e desmoralizado senador Aécio Neves não é mais citado em nenhuma das hipóteses de coligação dos tucanos. Já é considerado carta fora do baralho para esta eleição e pode, quando muito, disputar uma vaga na Câmara Federal, mesmo assim sem sair de casa porque é o campeão de rejeição no Estado e ninguém deseja vê-lo por perto. Tem muita gente escondendo até fotos que tiraram junto com o ex-governador, senador e candidato a presidente. Celso Donato (secretário de governo) e Carlos Mosconi são dois daqueles amigos que querem distância do “mineirinho” enrolado que ontem, diante da ameaça de ser considerado réu, passou mal e teve que ser levado para um hospital de Brasília.

Mosconi fica no PSDB

Carlos Mosconi ligou ontem para o blog informando que na sua ida a Belo Horizonte, no início da semana conversou longamente com Antonio Anastasia, pré-candidato ao governo e explicou as razões pela qual pretende disputar vaga na Câmara Federal, recebendo total apoio do ex-governador. Definiu também que permanece no PSDB e que será um dos principais apoiadores da candidatura de Anastasia ao governo na região sul.

Mostrando-se animado, o ex-secretário de saúde disse que vem recebendo manifestações de apoio em toda região, inclusive do ex-prefeito de Caldas, Ulisses Gomes, candidato a deputado estadual pelo PTB, com quem deve fazer dobradinha em algumas cidades.

            A hora agora é de fazer contatos e garantir apoio de lideranças regionais e municipais, disse o ex-deputado, bastante animado para voltar a Brasília.

Quem indicou

A atuação do Secretário de Planejamento, Tiago Cavelagna, tem sido alvo de críticas por parte de alguns empresários que atuam no ramo da construção civil. Para todos que reclamam, o prefeito tem sempre a resposta na ponta da língua: vocês que indicaram.

Rodapé

Só para lembrar. Hoje é sexta-feira 13.

BLOG 12-ABR-2018

Sem reação

O vereador oposicionista Paulo Tadeu bateu firme e colocado contra a secretária de Educação, Flávia Vivaldi, durante a discussão em torno do requerimento apresentado por ele na reunião de terça-feira, pedindo informações ao prefeito sobre a legalidade da contratação de uma doutora de Campinas para dar um curso para professores da rede municipal sobre “Gestão Democrática na Escola”. As 10 aulas do curso vão custar aos cofres públicos R$ 20 mil, ou seja, R$ 2 mil por cada aula. Nem o líder da bancada e muito menos o vereador Lucas Arruda, do Rede, partido que indicou a secretária, esboçaram qualquer reação.

Apoio ou encosto?

A julgar pelo comportamento do Rede Sustentabilidade, em especial do vice-prefeito e dos secretários indicados pelo partido nestes quinze meses de governo, não fica claro se a legenda de fato apoia o governo ou se trata apenas um encosto. Há quem diga que o prefeito deveria fazer um descarrego em algum centro de umbanda para ver se afasta esse pessoal da administração.

Tête-à-tête

Sérgio Azevedo e o seu padrinho politico, Luiz Antonio Batista, que vinha postando críticas nas redes sociais contra a administração, se reuniram para lavar roupa suja. Ao final da conversa saíram abraçados com o prefeito na certeza de que disse umas verdades para o ex-prefeito e vice-versa. Não a nada que uma boa conversa, regada a um bom vinho e uma Estrella Galícia bem gelada não possam resolver.

Sem chance

A respeito das notas publicadas pelo blog dando conta que a vereadora Ligia Podestá e a ex-vereadora Regina Cioffi, andam se aproximando do novo presidente regional, deputado Rodrigo Pacheco, com a intenção de assumir a direção do DEM em Poços, a assessoria do deputado Carlos Melles repassou a informação ao deputado que imediatamente ligou para o atual presidente, Antonio Carlos Pereira, informando que o acordo para que Rodrigo assumisse a direção da legenda em Minas termina na eleição e que até lá, nenhuma alteração será promovida nos diretórios municipais. Ou seja, Pereira continua na presidência sem nenhum risco, até porque Melles é grato ao vereador por ter segurado a barra nos momentos de dificuldade, elegendo inclusive três vereadores na última eleição municipal.

Rejeição

A informação de que Regina Pula Pula esteve com Rodrigo Pacheco, pré-candidato ao governo e pode se filiar ao DEM não foi bem recebida pelos Democratas locais que querem ver a ex-vereadora em outro partido, de preferência, que não faça parte da coligação que vai apoiar a candidatura do deputado. Se bem existe uma boa possibilidade de Rodrigo desistir da candidatura ao governo para apoiar o senador Antonio Anastasia.

Salto no escuro

Confiante mesmo está o ex-prefeito de Caldas, Ulisses Gomes, do PTB, que renunciou ao mandato de prefeito para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa, um verdadeiro salto no escuro diante das dificuldades que vai enfrentar para alcançar seu objetivo, tendo em vista que a disputa para deputado estadual está pulverizada entre vários candidatos da região.

Fica onde está

Carlos Mosconi passou os últimos dias em Belo Horizonte confabulando com a alta cúpula do PSDB e com o senador Anastasia. Ao final das conversas bateu o martelo, vai permanecer no PSDB e disputará vaga na Câmara Federal. Terá como concorrentes diretos em Poços o ex-aliado e hoje adversário politico, Geraldo Thadeu e a vereadora Ciça, que entra na disputa apenas para marcar presença pelo PT.

Por falar...

...em PT, a ex-presidente Dilma Rousseff deve ser candidata ao Senado por Minas Gerais e com certeza deve fazer uma visita a Poços de Caldas para pedir votos. Excelente oportunidade para cobrar dela os R$ 200 mil, gastos pela prefeitura na gestão Eloisio para aluguel da estrutura para a festa organizada para a visita da presidente que veio a Poços para entregar máquinas agrícolas para outros municípios. Até hoje a prefeitura aguarda o reembolso do gasto por parte do Ministério da Agricultura.

Correndo risco

Uma leitora do blog chama a atenção das autoridades para o afundamento do asfalto em alguns pontos da Avenida Francisco Salles, onde o rio foi canalizado no trecho compreendido entre a Rua Rio Grande do Sul e início da Av. José Remígio Prézzia. Segundo ela o tubo armco utilizado na canalização pode ceder a qualquer momento e provocar, não só inundação, como também acidentes com os veículos que trafegam pelo local. O problema já foi denunciado até pelo ex-secretário de obras, Aldo Foltz Hanser, sendo de conhecimento do atual prefeito. O problema é que a vida útil do tubo galvanizado é calculada entre 15 e 20 anos e o rio foi canalizado na época do prefeito José Aurélio Vilela, entre 1984/1086, portanto, há mais de trinta anos.

Vote nos nossos candidatos

A Associação dos Líderes Comunitários está preparando campanha que será desenvolvida com o objetivo de despertar a atenção dos eleitores poços-caldenses para a necessidade de eleger representantes locais na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. O apelo principal da campanha será não vote em candidatos de fora.

Mosca azul

Flávio Faria deixou a Secretaria de Desenvolvimento e Trabalho para não ficar impedido de disputar vaga na Assembleia Legislativa, mas ainda não decidiu se vai ou não ser candidato. Já o vereador Ricardo Sabino, eleito pelo PSDB parece ter sido mordido pela mosca azul e meio na surdina vem articulando para ser o candidato do partido, fazendo dupla com Carlos Mosconi. Poucos acreditam na candidatura do vice e muitos acham que ele não tem votos, perdeu muito apoio, principalmente na área da educação, onde o governo municipal vem sofrendo desgaste com a secretária indicada por ele.

Alta tensão

O clima entre a direção do Departamento Municipal de Eletricidade-Distribuição, e a direção do Sindefurnas, sindicato a qual os funcionários da distribuidora estão filiados, anda bastante hostil e azedou de vez com o boletim informativo do sindicato distribuído no mês de abril, estampando em manchete “DME tenta colocar faca no pescoço dos empregados”, citando a negativa da distribuidora em instaurar o dissidio, com uma proposta “indigna e desrespeitosa”.

O jornal ainda publica inverdades, como a transferência de R$ 6 milhões para o hospital da Santa Casa e R$ 16 milhões para a prefeitura, quando na verdade, a distribuidora aprovou, mas ainda não repassou os R$ 14 milhões, aprovados na tarde de terça-feira e não na “calada da noite”, como afirma o sindicato no boletim.

O estranho é que o sindicato nunca se manifestou contrário a descapitalização da distribuidora nas últimas três administrações, quando foram retirados R$ 360 milhões da reserva financeira da empresa, destinada a novos investimentos e transferidos para a prefeitura cobrir rombos nas suas contas, consequência de má gestão administrativa.

Vale lembrar ainda que na administração passada o preço da energia elétrica distribuída pelo DME chegou a ser o segundo mais alto do país e o abaixamento só ocorreu graças à reação do Conselho de Consumidores. O DME, também no governo passado perdeu qualidade no atendimento aos consumidores e teve até sua concessão ameaçada junto ao órgão regulador.

O presidente do Conselho de Administração, Cicero Machado de Morais afirma que o objetivo da atual diretoria é recuperar a empresa e a sua capacidade de novos investimentos e ressalta que o gasto com pessoal hoje ultrapassa 40% quando deveria permanecer entre 15 a 20% do faturamento, como no tempo em que o DME era uma autarquia municipal.

A diretoria promete cortar privilégios, mesmo diante da ameaça de greve feita pelos dirigentes do Sindefurnas e vai pleitear ainda uma retratação sobre as falsas acusações feitas no boletim.

PSD com Anastasia

O PSD de Minas Gerais confirmou ontem, o apoio à pré-candidatura do senador Antonio Anastasia ao governo de Minas Gerais. O partido tem o quarto maior tempo de televisão, com pouco mais de dois minutos diários, e uma bancada com quatro deputados estaduais e cinco federais no estado. A articulação, que tem o aval do presidente nacional do partido, o ministro Gilberto Kassab, foi conduzida pelo suplente de Anastasia no Senado, o ex-deputado Alexandre Silveira. O ex-deputado Geraldo Thadeu, um dos fundadores do partido em Minas, acertadamente, deixou o partido para se filiar ao PSB do ex-prefeito de BH, Márcio Lacerda. Se tivesse permanecido no PSD, Geraldo enfrentaria problemas uma vez que é considerado “persona non grata” no ninho tucano.

Faleceu Martinho

Faleceu no final da tarde de ontem, vítima de infarto, o sr. Martinho do Prado Luz, empresário, proprietário da loja tradicional loja A Futurista, ex-provedor do hospital da Santa Casa e figura de projeção na sociedade local. Seu corpo está sendo velado por familiares e amigos no Velório Municipal.

Rodapé

Essa encrenca entre a diretoria do DME e o Sindefurnas pode acabar provocando um curto-circuíto.

BLOG 11-ABR-2018

Vendo fantasmas

Ao que parece o secretário de Defesa Social, Marcos Sansão, encarnou o espírito da perseguição. Está entendendo as críticas ao seu trabalho através do Demutran como perseguição por parte de adversários políticos, quando, na verdade, não tem nada a ver uma coisa com a outra. Ocorre que as interdições do trânsito, necessárias por sinal para execução de obras, estão atazanando a vida dos motoristas e o problema poderia ser aliviado se o secretário colocasse para trabalhar nesses locais os agentes de trânsito que foram contratados exatamente para esse tipo de serviço e não para ficar nas esquinas jogando conversa fora e mexendo no celular. Esta é a questão.

Por outro lado...

Há que se reconhecer que as interdições o trânsito estão acontecendo e buracos estão sendo abertos pelo DMAE, isso significa que a prefeitura está trabalhando e realizando obras, o que é louvável. Não há como fazer omeletes sem quebrar os ovos. É preciso, no entanto, que o trabalho seja executado de maneira planejada para não causar problemas e que o DMAE decida de uma vez por todas, de quem é a responsabilidade de recompor o asfalto onde os buracos estão sendo abertos. Se a secretaria de obras não tem equipamento nem pessoal para fazer o serviço, cabe então ao DMAE contratar uma empresa especializada para fazer o serviço e fim de papo.

“Santo” DME...

O Conselho de Administração das empresas do Grupo DME voltou a se reunir na noite de ontem e aprovou a transferência de R$ 16 milhões para os cofres da prefeitura. Desta vez o conselheiro Marcus Togni votou a favor. Somados aos R$ 14 milhões já aprovados, a administração tucana receberá uma ajuda extra do “santo” DME no valor de R$ 30 milhões.

Nova turma

Como já havia anunciado, Geraldo Thadeu não só trocou de partido (deixou o PSD e se filiou no PSB), mas também decidiu trocar de “turma”. Ele que já esteve junto com a “turma” do Mosconi, e depois se uniu a turma do Navarro, acabou criando a própria turma, liderada pela dupla Dirceu Ferreira/Azer Zenun, durante o tempo em que foi deputado federal. Na última eleição municipal se juntou a turma da Regina Cioffi e agora, no PSB, pulou para o grupo liderado pelo ex-prefeito Paulinho Courominas, seu adversário na eleição municipal de 2012 e considerado o “queridinho” do presidente do PSB, Márcio Lacerda. O ex-deputado ocupou cargo de confiança no governo do petista Fernando Pimentel e o seu partido, PSD, foi aliado do ex-prefeito e também petista, Eloisio Lourenço, durante sua passagem pela prefeitura.

Meio passe

O vereador Lucas Arruda (Rede), apresentou requerimento na reunião de ontem da Câmara Municipal, solicitando estudos sobre a possibilidade de extensão do meio passe estudantil para os alunos da Unifal, Unifenas e IF-Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

Soltando o verbo

Conhecido pelo seu temperamento sempre calmo e apaziguador, o vereador e líder da bancada do prefeito na Câmara, Alvaro Cagnani, surpreendeu na sessão de ontem ao soltar o verbo em cima dos motoristas, generalizando as críticas, tentando justificar a construção dos traffic calming na área central. Cagnani jogou toda culpa nos motoristas que segundo ele não respeitam ninguém, são aproveitadores e só pensam em levar vantagem em tudo aquilo que fazem. O oposicionista Paulo Tadeu ainda tentou amenizar as críticas do líder, dizendo que não é bem assim e que existem sim, motoristas sérios e responsáveis.

Situação difícil

A vereadora Ligia Podestá apresentou, ontem na Câmara, requerimento solicitando ao Procon informações sobre as multas aplicadas à Viação Cometa por  não cumprir com o Estatuto do Idoso. As empresas que fazem viagens interestaduais tem a obrigação de reservar duas poltronas gratuitas  por veículo para os idosos e, quando já ocupadas, oferecer 50%  de redução no preço  da passagem para pessoas com mais de 60 anos  que tenham rendimento inferior a dois salários mínimos. A vereadora apurou que a empresa já foi multada em mais de 100 mil reais pelo Procon de Poços  mas que recorre constantemente sem que, com isso, a situação se defina em favor dos usuários.

A 4ª Promotoria já se manifestou, em outras ocasiões, encaminhando à Câmara Municipal e à Secretaria de Promoção Social da Prefeitura ofício com  orientação sobre essa questão. Espera-se que a vereadora tenha sucesso nessa difícil missão e a Cometa respeite mais os idosos.

Presidente do DEM

Por falar na vereadora, segundo uma fonte próxima a vereadora que costuma orientá-la em suas atividades politicas, Ligia estaria articulando nos bastidores, e mantendo conversas com a direção regional do partido para assumir a presidência do DEM em Poços de Caldas, substituindo seu colega de Câmara, Antonio Carlos Pereira, que é ligado ao ex-presidente regional da legenda, deputado Carlos Melles.

Sem telefone

A Secretaria de Educação está contratando (sem licitação) por R$ 20 mil, uma doutora para dar curso sobre “Gestão Democrática da Escola”. O curso terá duração de 10 aulas ao preço de R$ 2 mil por cada aula. Enquanto isso, os telefones das escolas, CEIs e outras unidades da rede de ensino municipal continuam mudos, tudo indica, por falta de pagamento. As coordenadoras e professoras são obrigadas a utilizar os próprios telefones para se comunicar com os pais de alunos ou para tratar de assuntos de interesse das unidades de ensino.

Na reunião desta terça-feira, o vereador Paulo Tadeu, autor de requerimento solicitando informações ao chefe do executivo sobre a referida contratação, fez duas críticas a atitude da secretária de educação pela realização deste curso, aconselhando, inclusive, a administração a não efetuar o pagamento porque isso pode trazer sérios problemas ao prefeito, que pode ser acusado de improbidade administrativa.

Não falou

Paulo Tadeu não usou a tribuna na sessão de ontem porque sentiu ligeira indisposição e foi obrigado a deixar o plenário, delegando a sua colega Ciça a missão de falar sobre a prisão do ex-presidente Lula. Sem o dom da oratória e conhecimento da história petista, a fala da vereadora foi desconexa e sonolenta.

Trevo para o cemitério

Não é de hoje que a falta de um trevo de acesso ao Cemitério Parque, na zona sul, se faz necessário uma vez que os motoristas e passageiros estão expostos a risco de acidentes quando cruzam a rodovia Poços/Andradas para ter acesso ao cemitério. Na reunião ordinária de ontem, o vereador Carlos Roberto apresentou sugestão ao chefe do executivo para que a obra seja feita em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem. Com o que fatura o Estado através dos inúmeros radares colocados ao longo das rodovias estaduais que cortam o município, a obra poderia ser facilmente custeada pelo governo estadual.

“Amigo querido”

 A ex-vereadora Regina Cioffi, conhecida como Regina Pula Pula,  foi vista ontem andando pela rua Assis com cara de poucos amigos, sempre acompanhada pela sua fiel escudeira. A possibilidade de ingressar no DEM para disputar as próximas eleições já está causando desconforto aos vereadores da sigla e deixando o  presidente Antonio Carlos Pereira  de cabelo arrepiado com a  possibilidade de perder a direção para a ex-vereadora. Agora Regina considera seu “amigo querido” o Deputado Rodrigo Pacheco que tem amplo comando do DEM em Minas Gerais e muita coisa poderá acontecer. Mosconi também já mandou recado dizendo que não pretende fazer dobradinha com a candidata pois  as feridas deixadas  pela demissão da médica na direção da Santa Casa, em 2007,  ainda não estão cicatrizadas. 

Dia Nacional do Outdoor

Através do Projeto de Lei número 9952, de autoria do deputado Domingos Sávio (PSDB/MG), o Congresso Nacional aprovou lei que considera como o Dia Nacional do Outdoor, a ser comemorado em todo território nacional, em 31 de agosto.

Para fins da citada lei, outdoor é a designação de um meio publicitário exterior, sobretudo em peças modulares, disposto em locais de grande visibilidade, como à beira de rodovias ou nas vias das cidades e entroncamentos, com dimensões básicas externa da superfície de exposição da mídia, dimensões: 9x3 mts e módulos dimensionais (duplo, triplo, etc.), sendo a propaganda instalada por colagem de papel, adesivagem de materiais sintéticos e/ou instalação de lonas impressas digitalmente.

 Em sua justificativa para o projeto de lei, o deputado tucano afirma que “o outdoor é a mídia mais democrática e padronizada no Brasil e no mundo, sendo de grande uso em todo o país. Este meio de publicidade se caracteriza como empreendimento de pequenas e micro-empresas, muitas de gestão familiares e cooperativas de trabalho, denominadas veículos de divulgação, nos termos do art. 4 da lei 4680/1965, sendo importantes valores de promoção de renda e emprego”.

Rodapé

Ao falar dos traffic calming, Alvaro Cagnani perdeu a calma. 

BLOG10-ABR-2018

“Gestão democrática”

O diário oficial do município publicou o termo de ratificação do processo de inexigibilidade (contratação sem licitação) através da Secretaria de Educação, da Dra. Adriana Stella Pierini, residente na cidade de Campinas, para ministrar o curso “Gestão democrática da escola”. O curso acontece nos dias 9, 8 e 15 de março, 12 e 26 de abril, 10 e 24 de maio e 7, 21 e 28 de junho no salão vermelho da Autarquia Municipal de Ensino. Pelo curso a contratada irá receber R$ 19.756,65, pagável em 4 parcelas de R$ 4.939,16. A contratação contou com o aval da Procuradoria Geral do Município.

Correndo risco

Os Correios vão fechar 700 agências próprias em todo o País. Segundo a assessoria, a estatal passa “por profunda transformação”, e emenda que a “nova proposta da empresa está voltada para uma readequação presencial nos municípios”. Poços de Caldas pode ser uma das cidades a ter agências fechadas. No ano passado esta possibilidade já havia sido levantada e só não se concretizou por interferência do ex-deputado Geraldo Thadeu que deixou o cargo que ocupava na direção dos Correios no último dia quatro.

Regina pula pula

A ex-vereadora e pré-candidata a deputada estadual Regina Cioffi, que já esteve filiada ao PPS depois pulou para o PSC, postou foto nas redes sociais ao lado do deputado federal Rodrigo Pacheco, pré-candidato a governador pelo DEM, mas que deve acabar compondo com o senador Anastasia, do PSDB. Em sendo assim, Regina pode pular para o partido dos Democratas ou para qualquer outro partido de menor expressão e acabar nos braços de Anastasia uma vez que Rodrigo é cotado para ser candidato a senador na chapa do tucano. Neste caso Regina acabaria apoiando Mosconi para a Câmara Federal, formando com ele a dupla MoscoRegi.

Na tribuna

Tudo indica que o vereador Paulo Tadeu usará seu tempo na tribuna da sessão ordinária desta terça-feira, para fazer um pronunciamento contra a prisão do ex-presidente Lula. O vereador petista deve atacar não só o Juiz Sérgio Moro, como também as ministras Rosa Weber e Carmen Lúcia, que votaram a favor da prisão no Supremo Tribunal Federal.

Geraldo e Marcos Eduardo com Márcio Lacerda

Outra dupla de candidatos a deputado em gestação é a GeraMarcos. O ex-deputado Geraldo Thadeu que iniciou a carreira politica no PSDB, depois pulou para o PPS e em seguida para o PSD, agora deu um novo salto e se filiou ao PSB, do pré-candidato ao governo, Marcio Lacerda. Como o médico Marcos Eduardo já lançou sua candidatura a deputado estadual e apoia o ex-prefeito de BH para o governo, pode acabar fazendo dupla com Geraldo Thadeu que vai tentar mais uma vez se eleger deputado federal.

Marcos Eduardo participou do lançamento da candidatura de Alvaro Dias em Minas Gerais, nas fotos o médico ao lado do empresário Vitório Mediolli, proprietário da Editora Sempre, e na fila dos cumprimentos a Alvaro Dias.

Marcos pode se filiar ao Podemos, partido que mais cresceu em Minas com o troca-troca partidário e que tem como candidato a presidente o senador Alvaro Dias. Nesse caso, Marcos e Geraldo estariam apoiando Márcio Lacerda em Minas e Alvaro Dias, que já foi colega de Geraldo na CPI dos Correios, para a Presidência.

O objetivo primeiro do ex-deputado Geraldo Thadeu era compor chapa com o apresentador Mauro Tramonte que já foi funcionário do seu gabinete quando era deputado federal. O entrave para esta composição, no entanto, está no fato de o PRB, partido de Tramonte, estar aliado ao PT, de Fernando Pimentel.

Ciça federal

Pelo menos até ontem, a informação que corria nos corredores da Câmara Municipal é que a vereadora Maria Cecilia Opipari será mesmo candidata a deputada federal. Não tem a mínima chance de ser eleita mas esta seria uma maneira de o PT marcar presença na disputa por vaga na Câmara Federal, além de atrapalhar as candidaturas de Geraldo e Mosconi.

Patrocínio

Na reunião da Câmara desta terça-feira, quem também usará a tribuna será  Lauro Angeli. Ele solicitou o espaço para falar aos vereadores sobre a falta de patrocínio para a Orquestra Sinfônica de Poços de Caldas, que nas três últimas administrações vinha apresentando, sempre com muito sucesso o evento Sinfonia das Águas.

Unidos por Minas?

No almoço que o deputado Felipe Athie ofereceu, no último sábado, para comemorar seu aniversário ele recebeu vários amigos. O senador Antonio Augusto Anastasia era o mais assediado, enquanto o deputado federal Rodrigo Pacheco estava de um lado, com cara de poucos amigos. Enquanto isto o ex-presidente da AL, Dinis Pinheiro, circulava de grupo em grupo. (Foto: Dinis Pinheiro, Alberto Pinto Coelho, senador Antonio Anastasia, Felipe Attiê e Rodrigo Pacheco). Fonte: Blog do PCO.

Ficha suja

Dilma Rousseff ameaça sair candidata ao Senado por Minas Gerais: já transferiu seu domicílio eleitoral para lá. Contudo, pela Lei da Ficha Limpa, ela é inelegível. O condenado por órgão colegiado por crime de administração não pode concorrer a nenhum cargo público, mesmo não tendo sido suspensos seus direitos políticos por oito anos, o que o Supremo poderá rever. Mesmo assim, a provável candidatura de Dilma ao Senado assustou os tucanos e demais concorrentes ao governo. Na avaliação dos oposicionistas, Dilma reforça a campanha de Pimentel para a reeleição. 

BLOG 09-ABR-2018

Sarna prá coçar

Embora não tenha feito tanto barulho, a realização do Megacycle na zona oeste, no entorno do estádio municipal, já provoca ruído entre os moradores dos bairros vizinhos que tinham conseguido a edição de um decreto, revogado agora pelo prefeito, proibindo a realização de show e outros tipos de eventos barulhentos no local. Como o decreto foi revogado o local está liberado para novos shows e o que é pior, sem nem mesmo um regulamento disciplinando qual tipo de evento e o horário que devem ser obedecidos.

O evento deste final de semana pode ser classificado como comportado e é importante para o turismo que deveria se preocupar em trazer para a cidade outros eventos deste tipo, porém a preocupação dos moradores é com o que virá pela frente com o cancelamento do decreto.

           A nota triste do evento foi a morte de dois motociclistas que bateram com suas motos de frente com um caminhão carregado com combustível em Águas da Prata, no trevo de entrada para a fonte Platina, próximo ao pedágio. Eles retornavam para Campinas após participar do Megacycle em Poços de Caldas

Fácil solução

Trata-se de um problema que não é de difícil solução, como a prefeitura vem asfaltando várias ruas poderia muito bem liberar uma área próxima a Rodovia do Contorno, aplainá-la e asfaltar, quando muito equipando o local com sanitários. Se isso não for possível, tudo bem, os promotores de eventos que aluguem sanitários químicos e tratem de cercar o local para os shows, como já fazem na área ao lado do thatersall. Para manter o espaço a prefeitura poderia até cobrar aluguel para realização dos eventos.

Não é bem assim

Para aqueles que se dirigem a sua sala reclamando de pagamentos em atraso, o secretário da Fazenda, Alexandre Lino, costuma dizer que a falta de dinheiro é culpa dos vereadores que não aprovaram o projeto que reajustava o IPTU no final do ano passado. A afirmação não corresponde a realidade, nesse caso a culpa cabe única e exclusivamente a própria prefeitura que não soube discutir o assunto com a população e elaborou um projeto totalmente equivocado que acabou sendo retirado do legislativo pela própria administração.

Sem kits

Por falar em pagamento, os proprietários das papelarias credenciadas para entrega dos kits escolares aos alunos da rede municipal já pensam em paralisar a entrega do material, mesmo faltando poucas unidades para serem entregues. Como a prefeitura não paga (deve 2 milhões), os papeleiros querem pelo menos reduzir o prejuízo.

Confirmada

Através de uma fonte ligada à alta direção da empresa, o blog confirmou que a Alcoa Alumino S/A vai mesmo reativar a linha de a produção de alumínio na fábrica de São Luiz do Maranhão. Quanto à unidade da empresa em Poços de Caldas, pelo menos por enquanto não é intenção da Alcoa coloca-la em funcionamento.

Quase lá...

Carlos Mosconi viajou no sábado para Belo Horizonte onde deve permanecer alguns dias para definir seu futuro politico. Segundo noticiário da imprensa da capital, Diniz Pinheiro e Rodrigo Pacheco se reuniram com o senador Anastasia, para conversas em torno da composição de uma chapa única. Tudo indica que Dinis Pinheiro será o vice e Rodrigo Pacheco candidato ao Senado. Já a composição com Márcio Lacerda, do PSB, está descartada porque o ex-prefeito de BH quer se apresentar ao eleitorado como uma terceira via.

Desleixo

Há meses que um poste de iluminação, no trevo de acesso a cidade próximo ao Marco Divisório está caído numa demonstração de incompetência e desleixo por parte da diretoria do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem que não cuida como deveria das rodovias estaduais, mas adora instalar radares em pontos estratégicos para engordar os cofres do Estado. Uma vergonha, além de mal feito, mal sinalizado, o trevo também é pessimamente iluminado deixando muitos motoristas que chegam à cidade completamente perdidos.

Calendário atrasado

Como o assunto é abandono de logradouros públicos, merece citação o post de uma turista que fotografou no sábado o calendário floral, próximo às Termas Antonio Carlos,com a data atrasada. Outra demonstração de que a secretaria de turismo não anda servindo prá coisa alguma e o secretário é totalmente ausente das discussões que dizem respeito a pasta. Fica mesmo aquela impressão de que a atual administração não se importa com o turismo, desprezando uma fonte de renda importante para a economia do município nesta época de vacas magras.

Troca troca partidário

A Câmara Federal já registrou que pelo menos 80 parlamentares mudaram de partido desde o início da janela partidária, no dia 8 de março. O prazo terminou na sexta-feira. Em Minas Gerais, mudaram de partido os deputados federais Bonifácio Andrada, Bilac Pinto, Damina Pereira, Jaime Martins, Laudívio Carvalho, Lincoln Portela, Marcelo Álvaro Antônio, Tenente Lúcio, Misael Varella e Rodrigo Pacheco. O MDB foi o partido que mais perdeu parlamentares no país e quase perde o título de maior bancada na Câmara. Só no Rio de Janeiro foram sete desfiliações. Em Minas Gerais, o deputado Rodrigo Pacheco saiu da legenda para disputar o governo do estado pelo DEM. Muitos deputados ainda não registraram a mudança de partido e só devem fazê-lo nesta segunda-feira.

Asfalto novo

Mesmo sérias dificuldades financeiras, o prefeito Sérgio Azevedo continua reservando recurso para dar continuidade a recuperação asfáltica da malha viária. Na zona oeste a Rua Nico Duarte, que teve aumento no número de veículos que trafegam pelo local devido a alterações no trânsito, recebeu nova capa asfáltica.

Contra os mineiros

Esses são os deputados estaduais que aprovaram o aumento do ICMS do combustível, solicitado pelo governador Fernando Pimentel, razão porque estamos pagando quase um real a mais que em São Paulo. Dep. Agostinho Patrus Filho PV; Dep. Andre? Quinta?o PT; Dep. Anselmo Domingos PTC; Dep.; Antonio Lerin PSB; Dep. Arlete Magalha?es PV; Dep. Bosco PTdoB; Dep. Braulio Braz; Dep. Cabo Ju?lio PMDB; Dep. Celinho do Sinttrocel PCdoB; Dep. Celise Laviola PMDB; Dep. Coronel Piccinini PSB; Dep. Cristiano Silveira PT; Dep. Dirceu Ribeiro PHS; Dep. Douglas Melo PMDB; Dep. Doutor Jean Freire PT; Dep. Duarte Bechir PSD; Dep. Durval A?ngelo PT; Dep. Geraldo Pimenta PCdoB; Dep. Glaycon Franco PV; Dep. Gustavo Santana PR; Dep. Ina?cio Franco PV; Dep. Ivair Nogueira PMDB; Dep. Joa?o Magalha?es PMDB; Dep. Lafayette de Andrada PSD; Dep. Leoni?dio Bouc?as PMDB; Dep. Le?o Portela PRB; Dep. Mari?lia Campos PT; Dep. Marcio Santiago PR; Dep. M´´ario Henrique Caixa PV; Dep. Nozinho PDT; Dep. Roberto Andrade PSB; Dep. Roge?rio Correia PT; Dep. Tadeu Martins Leite PMDB; Dep. Tiago Ulisses PV; Dep. Tony Carlos PMDB; Dep. Ulysses Gomes PT.

Tenha você também a sua rádio