Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Esperneio

A decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TER), mantendo a anulação dos votos dados ao candidato João Grandão na eleição municipal jogou um balde de água fria nas pretensões do PMDB. A bancada peemedebista pode ficar resumida apenas a um vereador com a saída de Paulo Eustáquio que por sua vez, promete continuar o esperneio jurídico para manter o cargo. De fora, quem reza e torce é o suplente Jonei Eiras que assumiria a vaga de Paulo Eustáquio caso o primeiro suplente, Marcos Sansão faça a opção por permanecer na secretaria de defesa social. Se bem que tem gente achando que Sansão vai preferir voltar para a Câmara porque substituir o coronel Lima na secretaria não está sendo fácil.

Confirmou

Um vereador tucano confirmou ontem a nota do blog apontando o silêncio da bancada do vice-prefeito na Câmara quando as críticas são dirigidas ao chefe do executivo. “Quando a crítica diz respeito ao vice, eles levantam a voz e vão para o enfrentamento para defendê-lo”, disse o representante dos tucanos, acrescentando ”é só prestar atenção”.

No Canal Aberto

O vereador Lucas Arruda, do Rede Sustentabilidade, participou ontem do programa Canal Aberto apresentado pelo seu colega de legislativo, Antonio Carlos Pereira. Entre muitas coisas, disse que não faz parte do seu projeto político uma candidatura a deputado estadual em 2018. E voltou a ressaltar sua ligação com a deputada Geisa Teixeira, para quem já trabalhou como assessor parlamentar.

Preocupados

Expositores de artesanato que comercializam seus trabalhos no antigo restaurante do Véu das Noivas, demonstram preocupação com o anúncio feito pelo prefeito sobre a terceirização dos pontos de passeio. Alguns artesãos estavam na Câmara, ontem à tarde, buscando apoio dos vereadores para permanecer no local, mesmo que o ponto turístico seja terceirizado. Um dos vereadores procurados por ele foi o ex-prefeito Paulo Tadeu, em cuja gestão a edificação foi cedida para os expositores.

Obras

Eloisio Lourenço esclareceu ontem que quando procurou a direção da Codemig para renovar o convênio, permitindo ao Município, continuar explorando os serviços termais, foi informado que a estatal exige R$ 3 milhões para complementar as obras de reforma das Thermas Antonio Carlos. Como já estava em fim de mandato, deixou a solução do problema para o seu sucessor.

Salve-se quem puder

Um dos deputados mais próximos dos irmãos Aécio e Andrea Neves, o tucano Marcus Pestana disse a um amigo que o ciclo aecista já acabou e defendeu uma refundação do PSDB. O caso ilustra a debandada de antigos aliados do senador após a delação da JBS. Após as denúncias, Aécio virou uma espécie de leproso, ninguém mais quer chegar perto para não ser contaminado.

Engolindo rios

Após a enchente que acometeu nossa cidade em janeiro de 2016, arquitetos, urbanistas, ambientalistas, educadores e artistas se reuniram para formar o grupo “A Cidade que Engole Rios” e, entre as várias ações desenvolvidas, está um mapa hidrográfico do município, o qual se encontra impresso em papel de pão e distribuído em diversas padarias da cidade. O mapa poderá ser utilizado como recurso didático, o que certamente contribuirá significativamente com a aprendizagem dos nossos estudantes. Mais informações sobre o projeto entrar em contato com Carolina Nassif, através do e-mail: acidadequeengolerios@gmail.com

Sem dormir

Uma servidora lotada na Secretaria da Fazenda, disse ontem que está com pena do seu colega de serviço, Alexandre Lino, que aceitou convite para assumir a função de Secretário da Fazenda e de uns meses para cá não dorme direito, pensando nos problemas e principalmente na falta de dinheiro para pagar fornecedores e prestadores de serviço. Diz ela que Alexandre dorme, sonha e acorda sonhando com a folha de pagamento, principalmente depois que o gasto com pessoal subiu 9,2%.

Surpresa

Falando nisso, conta uma dirigente sindical que quando da reunião com o prefeito para discutir o reajuste do funcionalismo, aguardavam a chegada do prefeito na expectativa de que o reajuste este ano, ficasse próximo de zero. Quando o prefeito chegou e anunciou 9,2% de reajuste, quase caíram da cadeira.

Porteira

O engenheiro Cicero Machado de Morais, presidente do Conselho de Administração do Grupo DME, não vê problema na ideia do prefeito de terceirizar o ponto turístico Cascata das Antas, mediante a cobrança de ingresso. “É só colocar a porteira e liberar a entrada do pessoal do DME, que não tem problema”, disse o engenheiro, que por sinal, voltava de uma vistoria em uma das hidrelétricas, bastante revoltado pelo desleixo com que a usina foi tratada pelos ex-diretores da distribuidora.

Na mesma...

Passados cinco meses de governo e o número de pedintes pelas ruas do centro continua cada dia maior. Assim como sua antecessora no governo anterior, até agora a secretária de promoção social não disse a que veio.

Polêmica

A proibição do evento As 5 Mais que estava programado para este sábado em área próxima ao shopping, determinada pelo Juiz de Direito da 2ª. Vara, José Henrique Mallmann e noticiado com exclusividade pelo blog ontem pela manhã, está gerando polêmica nas redes sociais. Os organizadores prometem recorrer a justiça em segunda instância na tentativa de salvar o espetáculo. Mesmo que a decisão seja favorável, o estrago já foi feito e o prejuízo dos promotores será irreversível.

25 de maio

- o dia em que o Brasil de verdade enfrentou o Brasil da barbárie. O primeiro com o povo na rua assumindo seu papel na defesa dos avanços civilizatórios, o segundo, preso no passado da indigência moral, abrindo comportas de violência, jacinando trabalhadores no Pará e arremessando meganhas armados com quem luta por direitos básicos, entre os quais o mais precioso – a liberdade! (Paulo Tadeu).

www.nacionalinn.com.br/                                                                                   www.coopocos.com.br/

Combate ao Aedes Aegypti

Amanhã, sábado, uma ação de mobilização e saúde vai ser realizada no Jardim Kennedy II. Durante a manhã, agentes de endemias e atiradores do Tiro de Guerra vão fazer a limpeza das margens do ribeirão que corta o bairro e da área verde próxima ao aeroporto, para recolher garrafas e embalagens vazias que possam acumular água parada, ambiente ideal para os criadouros do mosquito da dengue, que também transmite chikungunya e zika.

A ação vai incluir visita às residências e entrega de panfletos com orientações e um check list para ajudar os moradores no controle dentro de casa. O ciclo de vida do mosquito da dengue, do ovo até a fase adulta, vai de 7 a 10 dias, por isso é tão importante manter vigilância periódica. “Se a população verificar e eliminar os criadouros semanalmente, já conseguimos garantir que este ciclo vai ser interrompido e consequentemente evitar o nascimento de novos mosquitos”, explicou Aretha Carneiro Corrêa, responsável pelo setor de Educação Ambiental da secretaria de Saúde.

Coleta Seletiva e ‘Cata-Treco’

O caminhão da coleta seletiva, que passa todos os sábados, no Jardim Kennedy II participará da ação. Uma forma de evitar que os moradores acumulem embalagens vazias em casa. A coleta seletiva recolhe alumínio, plástico, vidro e papelão. É necessário que as embalagens sejam lavadas para a retirada de resíduos orgânicos.

Na ocasião, a população também será orientada sobre o serviço ‘cata-treco’ da secretaria de Serviços Públicos, que recolhe colchões, móveis, tábuas. Sem esta destinação correta, tudo isso nas ruas, em terrenos ou calçadas vira entulho e consequentemente, potenciais focos do mosquito transmissor. O ‘cata-treco’ é um serviço permanente que deve ser solicitado sempre que necessário, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, pelos telefones 3697-2073 (zona Oeste e Centro), 3697-2188 (zona Leste) e 3697-2319 (zona Sul).

A ação de mobilização e saúde deste sábado vai envolver os agentes de endemias da Vigilância Ambiental, as equipes da secretaria de Serviços Públicos e os atiradores do Tiro de Guerra. A empresa Circullare, parceira na ação, vai fornecer o transporte dos atiradores e agentes até o Jardim Kennedy II e o retorno deles, do bairro ao centro da cidade. Após o mutirão, a Secretaria de Serviços Públicos irá realizar a poda da vegetação às margens do ribeirão.

Novos radares no centro

Dois locais na área central de Poços receberam radares: a rua Prefeito Chagas, no cruzamento com a Santa Catarina, e o começo da avenida João Pinheiro, em frente à Estação Fepasa. Os equipamentos estão funcionando em caráter educativo até o dia 10 de junho.

Na avenida João Pinheiro, o radar tem o objetivo de aumentar a segurança na travessia de pedestres, evitando acidentes. O limite máximo de velocidade segue o de outros trechos da via, 60 km/h. A colocação do radar no local foi necessária devido à retirada de parte de um canteiro que avançava sobre a terceira pista e causava congestionamentos.

Já na rua Prefeito Chagas, o radar visa coibir o avanço no sinal vermelho no cruzamento, e melhorar a segurança nas imediações, uma vez que há uma escola perto. Agora, a velocidade máxima permitida ali é de 40 km/h.

Maio Amarelo

Este mês comemora-se o Maio Amarelo, movimento mundial que atenta para a segurança no tráfego e chama a atenção para a importância de reduzir os acidentes no trânsito. O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito.

Semáforos sonoros

Em março desse ano, o vereador Álvaro Cagnani apresentou um requerimento solicitando informações da Prefeitura sobre a possibilidade de instalação de semáforos com dispositivos sonoros nas vias públicas do município. Em resposta à Câmara, a Secretaria de Defesa Social esclareceu que existem estudos para execução de tais melhorias, no entanto o projeto não poderá ser realizado de imediato devido às condições financeiras do município.

De acordo com Cagnani, as reivindicações para colocação de semáforos com dispositivos sonoros na cidade são antigas. Ele lembrou que, no ano de 2010, o então vereador Marcus Eliseu Togni apresentou um projeto de lei que estabelecia a instalação dos equipamentos em Poços. Na época, a sugestão foi feita pela 25ª Subseção da OAB/MG, no entanto, após análise do Executivo, a Câmara foi informada que não havia previsão financeira para cobrir os gastos. Em 2013, outra proposição foi apresentada, desta vez pelo vereador Paulo Tadeu Silva D’Arcadia. Apesar dos estudos e cobranças feitas, o projeto também não prosperou devido à falta de verbas.

Para o legislador, esta é mais uma medida importante visando ao cumprimento das leis de inclusão da pessoa com deficiência. “Sabemos de alguns municípios brasileiros que já conseguiram implantar os semáforos sonoros, como é o caso de Belo Horizonte, oferecendo maior segurança e autonomia aos deficientes visuais. É uma demanda antiga e que requer um alto investimento na área de trânsito, mas temos certeza que a Prefeitura dará continuidade as estudos para atender às leis de acessibilidade”, declarou Álvaro Cagnani.

A história de Oneyda Alvarenga

O Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas está com a exposição ‘Oneyda Alvarenga & Eu – Seu tempo, Sua Busca, Sua Obra’. A mostra é realizada em parceria com a Academia Varginense de Letras, Arte e Ciências, e traz a trajetória de Oneyda Alvarenga (1911-1984), musicista, poetisa, folclorista e etnóloga, reconhecida pela densa pesquisa sobre música popular brasileira.

Nascida em Varginha, Oneyda foi aluna e amiga de Mário de Andrade, pioneiro da poesia moderna brasileira. Depois do falecimento do escritor, a musicista sul-mineira ficou responsável por organizar e catalogar a obra do autor, para a Discoteca Pública Municipal.

Localizada no Centro Cultural São Paulo (SP), desde 1982, a discoteca traz, há muito anos, o nome de Oneyda Alvarenga. A curadoria da exposição está a cargo de Anita Di Marco e Vanessa Reis, com pesquisa de José Roberto Sales.

O Museu funciona de terça a sexta-feira, das 8h às 18h. Sábado, das 12h às 18h e domingo das 8h às 14h. Mais informações pelo telefone 3697.2197.

Tenha você também a sua rádio